sábado, 22 junho 2024
spot_img

Acreanos receberam pix de morador do Complexo do Alemão enquanto estavam foragidos da penitenciária de Mossoró

As investigações da PF indicam “o possível interesse da facção carioca (Comando Vermelho) em apoiar e financiar os fugitivos do presídio federal de Mossoró”, diz trecho de decisão judicial obtida pelo GLOBO, que autorizou a prisão de um dos suspeitos de ajudar a fuga.

Os dois fugitivos foram presos na tarde desta quinta-feira.

O depósito, segundo a PF, foi feito por Roberto Paulo Santos, no valor de R$ 5 mil para a conta de um mecânico, ainda no Rio Grande do Norte, que relatou ter entregue o dinheiro em mãos aos fugitivos.

“O endereço de Roberto Santos fica em uma comunidade dentro do complexo Alemão, área controlada pelo Comando Vermelho”, disse a polícia.

Os dois presos ficaram escondidos sob a proteção do mecânico por sete dias. Eles foram levados ao local por uma outra pessoa, que os retirou de carro da comunidade de Juremal – o local é formado por um assentamento de sem-terras que se apropriaram de uma fazenda abandonada de frutas.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO