sábado, 25 maio 2024 - 8:29
spot_img

Com apoio de instituições parceiras, Estado realiza atividades alusivas à Campanha ‘Cerol Mata’ na capital

Como parte das atividades da campanha “Cerol Mata”, o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC), por meio do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), realizaram nesta sexta-feira, 19, em Rio Branco, ações educativas com o objetivo de evitar acidentes e trazer mais segurança aos motociclistas.

União entre instituições visa salvar vidas. Foto: Ascom/Procon

A campanha “Motorista Seguro”, que já teve sua primeira etapa realizada na Via Chico Mendes, foi executada desta vez, na Avenida Ceará, com o intuito de distribuir e instalar antenas corta-pipa, além de conscientizar motociclistas acerca da prevenção de acidentes com linhas com cerol e chilena. A atividade foi promovida pelo BPTran em parceria com o Grupo Star.

O capitão Jackson Januário, da BPTran, destaca que as estatísticas do órgão demonstram que 70% dos sinistros de trânsito da capital, tem motocicletas envolvidas, ele afirma, que a ação de conscientização é de grande relevância para a população, pois beneficia a todos no trânsito.

Capitão Jackson Januário afirma que o intuito da ação contempla a conscientização dos motoristas. Foto: Ascom/Procon

“Muitos julgam que os órgãos de fiscalização de trânsito querem arrecadar, e esse não é o nosso objetivo. Nos preocupamos no sentido de sensibilizar e mostrar para o motorista que ele também é responsável, que pode colaborar para um trânsito mais seguro”, enfatiza.

O representante do Grupo Star, Osvaldo Xavier, explica que a parceria visa conscientizar os consumidores quanto aos seus direitos e deveres objetivando a prevenção de acidentes.

“A Moto Honda da Amazônia visa a qualidade total, e para isso exige das concessionárias uma série de ações, entre elas, essa parceria com os órgãos que dizem respeito ao nosso negócio”, afirma.

Fiscais do Procon também estiveram nos estabelecimentos comerciais da capital, com foco na abordagem sobre a legislação que proíbe a venda de desses produtos que são responsáveis por ocasionar lesões graves, mutilações e até mortes.

Fiscais do Procon, efetuaram fiscalizações em comércios. Foto: Ascom Procon.

Para a presidente do Procon, Alana Albuquerque, a união de esforços representa um compromisso do governo do estado e das instituições em salvar vidas, em que todos estão envolvidos para um mesmo propósito.

“Nós que atuamos sobre as relações de consumo também estamos levando essa conscientização para a população, realizando as ações fiscalizatórias nos estabelecimentos, em que é verificado o cumprimento das normas prescritas na legislação. É de grande importância que as pessoas estejam se conscientizando sobre essa proibição do uso do cerol da linha chilena, o poder público, não é contra a prática desportiva, todavia precisa haver o cumprimento dessas normas”, afirmou.

Segundo Liege Vieira, superintendente da PRF, é muito importante a participação da instituição na atividade de conscientização que tem o foco de salvar vidas.

“Para nós é de suma importância estar prestigiando um evento dessa magnitude conversando com os motociclistas, levando também a PRF próximo ao cidadão que precisa se conscientizar do uso da antena corta-pipa, que pode salvar vidas. Ele também vai levar para os seus familiares, os seus filhos adolescentes, que muitas vezes soltam pipas, a conscientização também de que o cerol mata e a linha chilena é proibida”, disse.

A motociclista Caire Maia, afirma que o projeto é de suma importância para conscientizar os condutores de moto quanto a questão das linhas de cerol.

“Ela é muito prejudicial, um piscar de olhos, você pode passar por essa linha de cerol e nem perceber que foi cortado, ferido, machucado, por ela. Se cada um se conscientizar e colocar uma anteninha dessa, assumir o papel de condutor que também tem que trabalhar a questão das prevenções, essa ação só vai crescer”, salienta.

A campanha Cerol Mata envolve instituições governamentais e não governamentais que visa evitar acidentes e trazer mais segurança aos motociclistas, a partir do desenvolvimento de ações de educação, prevenção e repressão ao uso de cerol e linha chilena.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO