sábado, 25 maio 2024 - 10:15
spot_img

Confusão com policiais penais deixa militar com tiro na cabeça em Cruzeiro do Sul

O cabo do Exército Jardson Souza Ferreira, de 23 anos, foi alvejado com um tiro na cabeça durante confusão com dois policiais penais nesta quarta-feira, 21, no bairro Cruzeirinho, em Cruzeiro do Sul.

Os Policiais Penais não tiveram os nomes divulgados. A vítima foi socorrida pelo Serviço Móvel de Urgência e levada para o Pronto-Socorro em estado grave.

A Assessoria de Comunicação do 61° Batalhão de Infantaria e Selva- BIS, diz que busca maiores informações para se pronunciar. O Instituto de Administração Penitenciária- Iapen, disse que emitirá uma Nota sobre o caso envolvendo os dois Policiais Penais.

Não há informações oficiais sobre o motivo da confusão. Há uma versão de testemunhas de que Jardson teria ameaçado um Policial Penal, que chamou um colega e em seguida, um deles atirou na cabeça do militar. Não há confirmação dessa versão e não há informações sobre arma ter sido encontrada em posse do cabo baleado.

O médico de intervenção do SAMU, Werther Salatiel, disse que o estado de Jardson é grave

“O ferimento de arma de fogo foi na região da cabeça. Ele apresentou um sangramento ativo pela região do ferimento e também da região do ouvido direito. Foi feito o primeiro atendimento ali com via aérea avançada, foi ofertado oxigenoterapia, foi feito o primeiro atendimento para controle da hemorragia, com hidratação, com todo o suporte necessário. O paciente foi entregue na sala de emergência e urgência, vai esperar a avaliação da especialidade da neurocirurgia. O caso é grave”, disse o médico.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO