quarta-feira, 17 julho 2024

CONFUSÃO NO HORIZONTE

 

O JOGO DO PODER

Por Marcus Bastos
@marcusbastos_ac

 

FUXICO

O assunto do momento ainda é a possível ida de Marcus Alexandre para o MDB. Mas fuxico grande mesmo ocorre dentro do partido, com essa celeuma da possível ida do Marcus para a sigla. Os “cabeças brancas” do MDB e o deputado estadual Emerson Jarude estão para se matar.

DISPUTA

Jarude é o presidente da Executiva Municipal. Todas as questões envolvendo as eleições municipais passam pela Executiva Municipal. E Jarude também apresentou o seu nome como pré-candidato à Prefeitura de Rio Branco. Para resolver essa pendenga, somente uma convenção onde os delegados decidirão no voto quem será o candidato do MDB.

 

TERRENO NA LUA

Um aliado incondicional do deputado Emerson Jarude conversou com a Coluna e disse o seguinte: ” O Flaviano está vendendo um peixe que não existe, está prometendo terreno na lua para o Marcus Alexandre. Ele pode até ganhar na convenção, mas quero vê como vai fazer para resolver a situação financeira da campanha. Por incompetência dessa cúpula, o MDB não elegeu um deputado federal na última eleição, e não tem um centavo para investir”, e nada mais disse, nem lhe foi perguntado.

 

DESGASTE

A Coluna, sinceramente, não sabe por quais motivos o Marcus Alexandre está se permitindo participar desse capítulo, sem nenhuma audiência positiva, dessa novela mexicana. Isso não é a cara do Marcus Alexandre. Está se desgastando desnecessariamente. E se o envolvimento do seu nome nesse imbróglio não tem o seu consentimento, que saia desse fogo cruzado o mais depressa possível.

 

CIUMEIRA

Por outro lado, o senador Petecão está bastante incomodado com essa situação. Está parecendo o namorado que está com ciúmes da namorada, que está dando bola para outros interessados. Dava como certa a ida de Marcus para o PSD.

 

CARTA NA MANGA

O que ninguém sabe, é que o Senador tem na manga o nome do deputado rstadual Eduardo Ribeiro para apresentar como candidato, caso não dê certo a filiação de Marcus Alexandre no PSD. Eduardo é qualificado e tem bagagem para essa disputa.

 

INCERTEZA

Ouvi de dirigentes de partidos de esquerda, que caso Marcus Alexandre se filie ao MDB, os mesmos irão pensar seriamente se embarcarão nessa viagem. Alguns até defendem o lançamento do nome do médico Dr. Jenilson.

 

CAUTELA

O que dar para perceber, é que a possível ida de Marcus para o MDB não agregará a aliança de partidos que este tanto almeja. Sobre esse fato ainda é cedo tirar conclusões, mas uma mexida errada pode colocar o engenheiro Marcus Alexandre fora do cenário favorável que existe até o devido momento.

 

SUSPENSE

O que vai acontecer nos próximos dias a Coluna não sabe, não temos bola de cristal. Mas quando um repórter investigativo da maior emissora de TV do país é visto na cidade, tirando férias é que ele não está.

 

MISTÉRIO

Ha poucas semanas uma equipe desta mesma emissora foi vista na cidade, sem ser notada. Recentemente, o Acre foi notícia de capa dos principais noticiários do país. Coincidência ou não, sempre quando aconteceM fatos marcantes, o surgimento desses personagens servem de alerta.

 

GOVERNADORA

Se depender do futuro, quando se afastar para concorrer ao Senado, Gladson Cameli cederá à Mailza Assis o cargo de titular no Governo do Estado. Portanto, é praticamente certo que isso ocorra ao final de março de 2026.

 

 

BOATARIA

Nos bastidores, comenta-se que a chegada de Mailza ao cargo número 1 do estado possa ocorrer pelo eventual afastamento do governador Gladson Cameli, por decisão da ministra Nancy Andrighi do STJ em relação à Operação PTOLOMEU. A Coluna prefere acreditar se acontecer, apesar das orelhas do governador estarem esquentando nas rodas de fofoca política. Esse é o assunto mais comentado do momento.

 

EMPODERADA

Independente disso, o que a Coluna percebe, é o fato de que Mailza Assis está sendo muito prestigiada pelo titular Gladson Cameli. Recentemente indicou o pastor Alex Carvalho para a Assistência Social. E deverá indicar no mínimo mais 3 pastas nos próximos dias, segundo fontes da SEGOV e do Palácio Rio Branco.

 

TRANSIÇÃO

Se isso, de fato, acontecer. Estará evidenciado e confirmado o que muitos estão dizendo. A confirmação de uma transição de governo antecipada de Gladson para Mailza. Muitos podem até achar que a Coluna estará cometendo exageros. Entretanto, contra fatos não há argumentos.

 

ADVERSÁRIOS

A Coluna identificou aqui essa semana, um front de batalha entre a vice governadora Mailza Assis e o senador Alan Rick, pela disputa governamental em 2026. Fato esse que em nenhum momento foi negado por nenhuma das partes. Entretanto, a Coluna acompanha o passo a passo desses protagonistas da política do Acre e as ações vão se evidenciando. A tendência será num futuro bem próximo um acirramento das forças entre Alan Rick e Mailza na disputa pelo poder. O jogo está esquentando.

 

 

A opinião do colunista não representa e opinião do Acre Jornal
spot_img

Notícias relacionadas :

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO