sábado, 2 março 2024 - 1:47
spot_img

Conselho Regional de Medicina do Acre Repudia Agressões à médica

O Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC) emitiu uma nota de repúdio, condenando veementemente as agressões sofridas pela médica pediatra Dra. Socorro Elizabeth Rodrigues de Souza no Hospital da Criança, na última segunda-feira (13). Este lamentável episódio levanta sérias preocupações sobre a segurança e integridade dos profissionais de saúde no desempenho de suas funções essenciais.

A instituição reforça a inaceitabilidade da violência em ambientes hospitalares, enfatizando que o foco deve permanecer no cuidado e na busca por soluções para a saúde dos pacientes. O CRM-AC expressa solidariedade à Dra. Socorro Elizabeth Rodrigues de Souza, destacando que profissionais médicos não devem ser penalizados ou submetidos a agressões devido às limitações estruturais das unidades de saúde.

A nota repudia qualquer ato de violência contra médicos, que dedicam suas vidas à promoção da saúde e ao bem-estar da população. Exige-se, neste momento, que as autoridades competentes conduzam uma investigação minuciosa sobre o caso, visando a justiça e a prevenção de futuros incidentes semelhantes.

Chama a atenção também o histórico recorrente de comportamento agressivo da pessoa envolvida, com múltiplos registros de denúncias contra profissionais de saúde. O CRM-AC ressalta a importância de respeitar o ato médico e a autonomia profissional, especialmente considerando que a médica, após avaliação clínica, deu alta à criança, que se encontrava clinicamente estável.

Informa-se ainda que a Dra. Socorro Elizabeth Rodrigues de Souza registrou boletim de ocorrência contra a agressora, acionando o Conselho Tutelar para tomar as devidas providências diante das repetidas interferências dessa pessoa contra as orientações médicas. O CRM-AC coloca-se à disposição para prestar apoio à Dra. Socorro Elizabeth Rodrigues de Souza nesse momento difícil.

Leuda Maria da Silva Dávalos, presidente do CRM-AC, destaca a urgência de medidas efetivas para garantir a segurança dos profissionais de saúde e reitera o compromisso do conselho em promover um ambiente hospitalar seguro e respeitoso para todos.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO