sexta-feira, 24 maio 2024 - 16:50
spot_img

Em agosto geração de emprego recua, mas termina com saldo positivo de 448 novos postos no Acre

Em agosto geração de emprego recua, mas termina com saldo positivo de  448 novos postos no Acre — Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Acre superou a marca de 4 mil empregos com carteira assinada criados entre janeiro a agosto deste ano, segundo dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged). O estado fechou o mês de agosto com um saldo positivo de 448 vagas formais, resultado de 4.406 admissões e 3.958 rescisões.

Desde o início do ano, o saldo de empregos formais no Acre totaliza 4.151 vagas com carteira assinada. Levando em conta as sete unidades federativas da região Norte, foram 17.852 vagas criadas em agosto.

O Acre apresentou variação positiva nos cinco grandes grupamentos de atividades econômicas avaliados pelo Novo Caged em agosto. O destaque principal foi o setor de Serviços, com 207 vagas, seguido por Comércio (100), Indústria (69), Construção (46) e Agropecuária (26).

Os cinco municípios com melhor saldo no estado em agosto foram a capital Rio Branco (327 vagas), Tarauacá (84), Epitaciolândia (35), Senador Guiomard (35) e Capixaba (21).

Nacional

O mês de agosto terminou com 220.844 novas vagas de emprego com carteira assinada em todo o país. No acumulado do ano, o Brasil tem um saldo de 1,38 milhão de vagas.

O estoque de empregos formais no país chegou a 43,8 milhões de postos no mês, uma variação de 0,51% em relação ao mês anterior e o maior valor já registrado na série histórica levando em conta tanto o período do Caged (junho de 2002 a 2019) quanto do Novo Caged (a partir de 2020).

Segundo o ministro Luiz Marinho, “a expectativa é de crescimento e que até o fim do ano o país possa gerar cerca de 2 milhões de empregos formais”. O saldo do mês foi reflexo de 2.099.211 admissões contra 1.878.367 desligamentos. No ano, as admissões alcançaram 15.937.956 postos, sendo desligados 14.549.894 trabalhadores.

G1 AC

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO