terça-feira, 27 fevereiro 2024 - 18:20
spot_img

EM CASO DE TURBULÊNCIA…

Coluna Política “O Jogo do Poder”

 

A FRASE DO DIA

Senhoras e senhores passageiros: Em caso de turbulência máscaras cairão aos seus pés… Mas que coisa hein? Até agora muita gente não conseguiu assimilar e nem aceitar o comportamento do senador e também Pastor Alan Rick, no atendimento de uma companhia aérea onde distrata o funcionário usando de agressividade e palavrões.

 

VIRAL

Esse vídeo pipocou nas redes sociais. Muita gente surpresa com a atitude do senador. Talvez não tão somente pelo fato de ser um senador, mas todos sabem que ele é evangélico, e quem o conhece afirma ser uma pessoa muito fina e educada. Não fosse por isso não teria causado o alvoroço e a repercussão que teve.

 

GUERRA VIRTUAL

Diante desse vídeo e desse episódio, a rede social transformou-se num campo de batalha onde a imagem de Alan foi seriamente atingida. Deixou uma péssima impressão para quem deseja concorrer à qualquer cargo eletivo representando segmentos como o da comunidade evangélica.

 

PALADINOS

Houve quem o defendesse sem sucesso. Dizendo, sobretudo, que ele é humano e que os humanos erram. O problema é que quando segmentos da sociedade, em virtude da religião, se colocam acima do bem e do mal eles não podem mais errar. mesmo sabendo que são rélis mortais.

 

PECADORES

Se isso irá prejudicar as intenções do senador rumo ao palácio Rio Branco, somente o tempo dirá. Mas que sirva de exemplo. À todo instante, o tempo todo, estamos sendo vigiados. Então não dá mais para ninguém vender uma imagem daquilo que não é, pois uma hora a máscara cai. A própria Bíblia diz que todos são pecadores.

 

BOMBA

O que se percebe diante da repercussão do vídeo do senador Alan Rick, é que o mesmo tem muitos algozes e que a eleição de 2026 já começou. O vídeo caiu como uma bomba atômica, num momento inoportuno. A pepeta do senador estava começando a pegar vento. Com certeza é um choque que ele e o Jairo Cassiano, seu competente assessor que também está no vídeo, terão que assimilar.

 

A QUEM INTERESSA?

Muita gente querendo saber quem soltou o vídeo. Segundo informações do próprio senador o fato ocorreu no final do ano passado, quando o mesmo ainda era deputado federal e tinha uma agenda muito importante no Acre. O episódio se deu no aeroporto de Brasília.

 

MANDANTES

Entre mortos e feridos, a Coluna teve conhecimento de quem adorou a “pipocagem” do vídeo. Houve até comemoração na sede de um partido numa cidade vizinha. A guerra pela sucessão de Gladson está apenas começando. E como se diz no Acre, ” do pescoço pra baixo tudo é canela”.

 

ABERSON CARVALHO

É um nome que poderá surpreender no futuro da política acreana. Apesar de ser pupilo da deputada federal Socorro Neri, Aberson já criou vida própria. Tem o brilho nos olhos do governador Gladson Cameli pela forma como conduz a Secretaria de Educação, tratando todos os problemas com resolutividade e agradando à todos, o que é muito difícil. Habilidoso político vai construindo o seu caminho e fazendo o seu nome.

 

ADEUS

Mudando de assunto, o que pouca gente recentemente viu e deu pouca importância, foi o fato do Município de Rio Branco ter perdido aproximadamente 60 mil habitantes em três anos. Fato preocupante, mas salubre. Todos sabem que milhares de acreanos estão trocando o Acre por Santa Catarina à procura de empregos, já que a economia no Acre não oferece oportunidades no setor privado.

 

INCERTEZA

E se esses 60 mil rio-branquenses não tivessem ido em busca de melhorias em outros estados, imaginem como estaria a situação por aqui. Obras prometidas que nunca saem do papel, ausência de planejamento de alternativas econômicas, etc. Não sabemos onde o Acre vai parar. Os que foram embora do Acre errados não estão.

 

INSATISFAÇÃO

A Coluna ouviu de pessoas próximas do senador Petecão que o mesmo anda chateado com ex-prefeito Marcus Alexandre pelas notícias corridas de que o mesmo irá se filiar ao MDB. Todos sabem que Bocalom exonerou inúmeros comissionados de Petecão em virtude deste não ter escondido de ninguém a sua preferência de apoiar o ex-petista.

 

DINÂMICA

Sobre as exonerações, errado Bocalom não está. E se o senador Petecão fez uma má escolha, somente o tempo dirá. Ainda estamos no verão amazônico, e quando o inverno chegar águas passarão por baixo da ponte. O saudoso Luiz Pereira, que era o filósofo do Abunã, ja dizia que  “a política é dinâmica”.

 

FAVORITISMO

Que o Marcus Alexandre é forte candidato à Prefeitura de Rio Branco todos já sabem. Sobre os comentários de que o mesmo ganha fácil se sair por qualquer partido que não seja o PT, não sabemos se as coisas são bem assim. Não é o que estão dizendo as enquetes do Contilnet e do Acre Jornal.

 

ZEBRA

A definição das eleições municipais em Rio Branco são rodeadas de mistérios. Por várias eleições, candidatos tidos como favoritos na pré-campanha e até duas semanas antes da eleição terminaram ganhando como consolação apenas uma passagem para Manacapuru. Basta um erro, uma vírgula.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO