quarta-feira, 17 julho 2024

Espaços culturais mantidos pela Prefeitura de Rio Branco voltam a funcionar após alagação

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Esporte e Lazer Garibaldi Brasil (FGB), informou nesta sexta-feira (28), que a partir da próxima semana, todas as atividades dos espaços culturais que foram atingidos pela alagação voltam à programação normal.

Além do Parque Capitão Ciríaco, localizado na 6 de Agosto, os Centros Culturais Neném Sombra no Taquari e  Lydia Hammes no Aeroporto Velho, também foram afetados pela enchente do Rio Acre. Por isso, a prefeitura teve a necessidade de suspender as atividades e posteriormente realizar um paliativo nos espaços.

Após uma vistoria do Corpo de Bombeiros e da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) foi constatada que o Centro Cultural Lydia Hammes precisará passar por reforma. Portanto, apenas o Neném Sombra e o Parque Capitão Ciríaco retornam com suas atividades.

Segundo o coordenador de Equipamentos Culturais da FGB, Aurimar Aragão, além da suspensão das atividades nesses espaços, toda a logística do Centro Cultural Thaumaturgo Filho, no Manoel Julião, foi prestar suporte à equipe que estava montada no parque de exposições atendendo as famílias.

“A equipe que estava no Centro Cultural Thaumaturgo Filho foi retirada para ajudar os abrigados do parque de exposições. Toda a FGB participou na distribuição de sacolões, cadastro de pessoas e também com atividades culturais e esportivas para as crianças e adolescentes que estavam abrigadas”, explicou.

As atividades ofertadas pelo Centro Cultural Neném Sombra que irão retornar são: Zumba, Capoeira, aulas de Tecido, Taekwondo, seresta da maior idade, karatê, aula de Aeróbica e Jiu-Jitsu.

Na semana passada o ginásio do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), localizado na Baixada da Sobral, também retornou com suas atividades. Em decorrência da enchente que havia chegado ao entorno do Centro e impossibilitado o acesso, a FGB tinha suspendido os serviços, tendo em vista que muitas famílias de alunos foram atingidas pelas águas.

O diretor de Esporte da FGB, Edson Maria, explicou que atualmente o ginásio do CIE atende cerca de 280 crianças e adolescentes com atividades de Escolinha de Futsal, Handebol e Voleibol, além de um espaço voltado para a prática de artes marciais, judô, Jiu-Jitsu, Capoeira, Kung Fu e aulas de ginástica para a melhor idade.

Além disso, aos sábados o espaço é utilizado por cadeirantes que fazem parte de um time de basquete, eles usam o local para realizar os treinos das competições nesta modalidade.

“Além dessas atividades no Ginásio do CIE, também cuidamos da Arena Race para a prática de esportes radicais, aos sábados e domingos, das 14h às 18h, onde a procura tem sido muito grande em virtude da falta de espaços específicos para esse tipo de esporte na capital”, finalizou o diretor.

spot_img

Notícias relacionadas :

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO