quarta-feira, 17 julho 2024

Gladson destaca potencialidades da biodiversidade acreana a empresários em São Paulo

Gladson Cameli frisou a importância da preservação da natureza, destacando que o mundo cobra postura de todos no compromisso ambiental. Foto: Pedro Devani/Secom

Apresentar as potencialidades do Acre a empresários no Brasil e no exterior tem sido uma estratégia do governador Gladson Cameli desde seu primeiro mandato. O foco principal dessas agendas é atrair capital externo e investidores para o Estado.

Nesta terça-feira, 17, Cameli participou, em São Paulo, de um importante debate com empresários no Fórum Lide ESG de práticas ambientais e governança, onde fez palestra sobre as políticas públicas na defesa da biodiversidade na região norte, com ênfase do Acre.

O evento, que tem como curador  o presidente do Lide Sustentabilidade, Roberto Klabin, reúne empresários, autoridades e especialistas para debater políticas públicas e ações para a defesa da biodiversidade no Brasil.

Ao falar aos empresários, Cameli lembrou que para entender a Amazônia é preciso vivenciá-la, e principalmente, entender que não se pode olhar para a Amazônia olhando apenas para as matas e os rios.

“Pensar na Amazônia é pensar nas pessoas. Somos nós que, efetivamente, vivemos e protegemos a floresta e, nesse sentido, nosso governo tem tido um olhar especial para as necessidades sociais como uma das variáveis que mais influenciam a questão ambiental”, disse o governador durante a palestra.

Aliando governança e sustentabilidade

Na avaliação de Cameli, a natureza  tem dado sinais claros da importância da preservação e o mundo cobra postura de todos no compromisso ambiental.

“A biodiversidade é uma pauta na qual estamos sintonizados e cumprindo o nosso dever de casa. Estamos enfrentando um verão muito forte com a seca dos rios e trabalhando no controle dos danos e todo o apoio às famílias. O Acre vai honrar os seus compromissos e continuar trabalhando políticas de defesa da biodiversidade”, destaca Cameli.

Outro ponto de destaque foi a importância  de colocar em prática o discurso que permeia o meio corporativo e o terceiro setor. O governador acreano lembrou que, no Acre, há um significativo aumento da produção e do agronegócio sem necessidade de novos desmates. E a prova disso é que o Estado  possui 85% de sua área nativa preservada, o que garante um agronegócio sustentável.

Essa visão tem garantido ao Acre o reconhecimento nacional e internacional por meio de parcerias com organizações como BID e KFW com investimentos ambientais, numa clara sinalização de que  sabe unir desenvolvimento e preservação.

Outra ênfase do governador no Fórum do Lide diz respeito ao Acre como  a próxima fronteira de desenvolvimento e a conexão entre o Brasil e os portos do pacífico, viabilizando o alcance de modo mais rápido e econômico aos grandes mercados da Ásia.

Segundo o governador, o Acre é a próxima fronteira de desenvolvimento e a conexão entre o Brasil e os portos do pacífico. Foto: Pedro Devani/Secom

“O Brasil é grande e as possibilidades são enormes, mas lhes digo com certeza que a recepção e as oportunidades para todos que quiserem investir e crescer com o Acre são gigantes”, disse Cameli ao final.

O Fórum  contou com a participação de líderes importantes como o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, o chairman do Lide, Luiz Fernando Furlan, o escritor e doutor em  Ciência Política e mestre em Sociologia, Jorge Caldeira, o presidente do Lide, João Doria Neto e o ex-governador e ex-prefeito de São Paulo, João Doria Jr., além de empresários e líderes de importantes setores da economia brasileira.

Entenda o conceito ESG

Diretamente ligado ao universo dos investimentos, ESG é o equilíbrio dos aspectos ambiental, social e de governança na gestão dos negócios.

Desse modo, os aspectos econômico, de transparência e ética se articulam, buscando assegurar a competitividade e a perenidade de uma empresa.

A sigla ESG vem do inglês e significa Environmental, Social and Governance (Ambiental, Social e Governança). Esse conceito tem usos diferentes, podendo ser aplicado internamente, na gestão da empresa, ou externamente, para analisá-la.

Sobre o Lide

Fundado no Brasil, em 2003, o Lide – Grupo de Líderes Empresariais é uma organização que reúne executivos dos mais variados setores de atuação em busca de fortalecer a livre iniciativa do desenvolvimento econômico e social, assim como a defesa dos princípios éticos de governança nas esferas pública e privada.

Presente em cinco continentes e com mais de duas dezenas de frentes de atuação, o grupo conta com unidades regionais e internacionais com o propósito de potencializar a atuação do empresariado na construção de uma sociedade ética, desenvolvida e competitiva globalmente.

Agência de Notícias do Acre

spot_img

Notícias relacionadas :

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO