sexta-feira, 23 fevereiro 2024 - 19:35
spot_img

Governo do Estado anuncia pagamento de 14º salário aos servidores da Educação

Pelo segundo ano consecutivo, o governo do Acre honrará os trabalhadores da Educação com o pagamento do abono salarial como um 14º salário. O anúncio oficial foi realizado nesta terça-feira, 6, e reafirma o compromisso do Estado com a valorização de quase 15 mil servidores públicos.

O valor será proporcional ao vencimento de cada profissional e equivalente ao 13° salário. O benefício vai contemplar cerca de 15 mil servidores públicos, totalizando cerca de R$ 87 milhões em investimentos do governo.

Terão direito ao benefício professores em atividade, diretores, coordenadores pedagógicos e de ensino, coordenadores administrativos, secretários escolares, docentes e especialistas em educação nas funções de assessoramento pedagógico, supervisão, inspeção, suporte técnico, coordenação de núcleos, centros, modalidades de ensino e programas da rede estadual de ensino.

A vantagem financeira também contemplará professores e especialistas em educação cedidos em regime de colaboração técnica para outras redes públicas de educação básica, trabalhadores em educação nas funções de assistente educacional, técnico, apoio administrativo e operacional, mesmo que emprestados a outras redes públicas de educação básica.

O 14º salário será depositado, integralmente, na mesma data do pagamento do salário de dezembro dos servidores estaduais. De acordo com o governador Gladson Cameli, o benefício é mais uma demonstração de respeito da atual gestão com os profissionais responsáveis por levar ensino de qualidade para mais de 140 mil acreanos, nos 22 municípios.

“A educação é um dos pilares do governo do Acre. Sabemos que a construção de um estado melhor e com mais oportunidades depende do trabalho desses servidores. Nada mais justo que valorizá-los pelos esforços e dedicação que têm com os nossos estudantes”, declarou.

Importantes avanços foram consolidados nos últimos quatro anos. O governo do Estado contratou mais professores efetivos e temporários, criou o prato extra da merenda, distribuiu gratuitamente fardamento escolar, reformou escolas, pagou aulas complementares e, mesmo diante de uma das maiores pandemias já enfrentadas pela humanidade, as aulas continuaram por meio do rádio, TV e internet.

Agência de Notícias do Acre

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO