domingo, 19 maio 2024 - 12:08
spot_img

Governo do Estado, Prefeitura de Cruzeiro do Sul e parceiros discutem Plano de ação emergencial de assistência às pessoas em situação de rua

A união do governo do Estado com a Prefeitura Municipal de Cruzeiro do Sul tem garantido ações integradas que buscam solucionar as dificuldades enfrentadas pelos cruzeirenses. Na manhã desta quinta-feira, 1°, ocorreu a discussão do plano de ação emergencial de assistência e ressocialização de pessoas em situação de rua do município.

Governo do Estado, prefeitura e parceiros discutem o plano de ação emergencial de assistência às pessoas em situação de rua. Foto: Marcos Santos/Secom

Com cinco frentes de trabalho, o plano busca oferecer, de forma imediata, atendimento às pessoas em situação de rua, a fim de garantir a oferta de serviços de assistência e cuidados que promovem a superação das vulnerabilidades sociais, além de buscar a inserção profissional e a construção de projeto de vida.

Na oportunidade, a secretária adjunta de Assistência Social e Direitos Humanos, Silene Siqueira, frisou a atuação do governo do Estado. “Nos reunimos somando todos os atores para ver as atribuições, o que já vem sendo desenvolvido e como podemos nos integrar para estar solucionando essa problemática”, frisou.

Para o coordenador do plano emergencial e vice-prefeito de Cruzeiro do Sul, Henrique Afonso, a expectativa é muito boa. “Nós temos a responsabilidade de criar algumas ações estratégicas bem concretas para solucionar o problema das pessoas que estão em situação de rua. O governo do Estado, desde o início da gestão, tem sido um parceiro nos ajudando a diagnosticar e solucionar os problemas”, pontuou.

No encontro, as instituições fortaleceram a união no enfrentamento ao problema. Foto: Marcos Santos/Secom

No encontro, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, destacou o trabalho exitoso realizado pela prefeitura como, por exemplo, o envio de 37 pessoas para as comunidades terapêuticas, e falou sobre a importância da união entre as instituições no enfrentamento do problema. “Estou saindo daqui muito entusiasmado, pois vi o interesse de todas as autoridades competentes em solucionar o problema”, disse.

Além da secretária adjunta Silene Siqueira, do prefeito Zequinha Lima e do vice-prefeito Henrique Afonso, também participaram da reunião representantes da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), da Polícia Civil do Acre (PCAC), da Polícia Militar do Acre (PMAC), da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), da Associação Comercial de Cruzeiro do Sul, da Associação dos Ministros Evangélicos do Acre (Ameacre/CZS), da Diocese de Cruzeiro do Sul, da Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul e de comunidades terapêuticas.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO