sexta-feira, 23 fevereiro 2024 - 19:22
spot_img

Graças à blitz PM salva motorista de aplicativo sequestrado, recupera veículo e apreende  assaltante

Preso no porta-malas do próprio carro por cerca de quatro horas, um motorista de aplicativo foi salvo de um sequestro, na tarde desta sexta-feira, 24, durante uma operação de trânsito realizada por policiais do 1º Batalhão da Polícia Militar do Acre (PMAC), em conjunto com o Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA).

As guarnições faziam um bloqueio na Estrada da Floresta quando o veículo roubado foi abordado. Os militares já tinham informações do sequestro, e quando abordaram os criminosos eles tentaram fuga, colidiram e derrubaram dois postes da rede elétrica. Os dois assaltantes tentaram fugir à pé, no entanto um deles, menor de idade, foi capturado em uma rua próxima e apreendido, enquanto outro homem se evadiu levando uma arma de fogo.

No porta-malas do carro, os policiais localizaram o motorista de aplicativo, que estava em cativeiro desde as 11h da manhã. O homem contou à polícia que foi chamado para uma corrida na avenida Sobral para levar uma mulher ao shopping, mas chegando lá dois indivíduos, em posse de uma arma de fogo, se apresentaram e anunciaram o roubo. Desde então, com a vítima no porta-malas, começaram a fazer diversos roubos pela cidade.

O tenente coronel Felipe Russo, comandante do 2º BPM, acompanhou de perto a ocorrência. Ele conta que foi uma das vítimas dos crimes cometidos após o sequestro que informou a placa e características do veículo no 190, possibilitando a ação efetiva e rápida da Polícia Militar. O oficial faz um alerta sobre os grupos de WhatsApp que difundem informações sobre blitz e dificultam o trabalho policial.

“Apelamos para que as pessoas se conscientizem e deixem de utilizar esses grupos de WhatsApp, que geralmente informam a localização das blitz da Polícia Militar. Se uma dessas pessoas tivesse informado a localização da operação de hoje, em um desses grupos, certamente os criminosos, com acesso, teriam se desviado e nossos policiais não teriam tido o êxito nessa operação”, pontuou o tenente coronel.

A vítima, mesmo dentro do porta-malas durante o acidente, não teve machucados e foi colocada em liberdade. O menor apreendido, também ileso, foi entregue na Delegacia de Flagrantes. O paradeiro do outro criminoso será investigado pela Polícia Civil.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO