domingo, 14 julho 2024

Mandante da morte de adolescente é preso. Menores são apreedidos acusados de execução.

 

No esforço contínuo para combater as organizações criminosas que operam no estado, a Polícia Civil do Acre (PCAC) intensificou suas ações, culminando em uma operação policial realizada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) na madrugada desta quarta-feira, 9. A ação resultou na apreensão de três adolescentes e na prisão de um adulto.

O foco principal da operação foi a captura dos suspeitos envolvidos no assassinato de um adolescente, ocorrido em 12 de julho deste ano. O jovem de 15 anos que saia da escola Antônia Fernandes, no bairro Santa Inês, em Rio Branco, foi atraído por um grupo de adolescentes para um beco, próximo à escola, local em que foi executado. O caso teve grande repercussão, chocando toda a sociedade rio-branquense.

Segundo informações fornecidas pelas autoridades policiais, a motivação por trás do assassinato teria sido uma manifestação nas redes sociais, na qual a vítima teria enaltecido uma facção criminosa rival nas redes sociais.

Além da apreensão dos menores, a operação resultou na captura de um homem apontado como líder de ataques de execução na região do bairro Belo Jardim. Essa área se tornou palco de confrontos violentos entre facções criminosas que buscam expandir sua influência e território.

A operação demonstra os esforços das autoridades em trazer justiça para as vítimas de crimes violentos e enfraquecer as estruturas das facções criminosas. Os capturados serão ouvidos pela Polícia Judiciária e encontram-se à disposição da Justiça.

spot_img

Notícias relacionadas :

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO