terça-feira, 23 julho 2024

Menino morre com pneumonia cinco dias após aniversário de quatro anos; Acre enfrenta emergência por síndromes respiratórias

Mais uma criança morreu com pneumonia no Acre. K B da S, de 4 anos, foi declarado morto na madrugada desta sexta-feira (31) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Criança, em Rio Branco, após 11 dias internado.

A pneumonia é uma doença inflamatória nos pulmões causada por microrganismos (vírus, bactérias ou fungos) ou a inalação de substâncias que comprometam as estruturas pulmonares

O menino fez quatro anos no último domingo (26), cinco dias antes do óbito. Ele será enterrado neste sábado (1º).

No último dia 14, o governo estadual decretou situação de emergência em decorrência do aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave e da superlotação dos leitos de terapia intensiva. O documento foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) e tem validade de 90 dias.

Ao g1, a mãe da criança, Elisângela de Souza, de 27 anos, contou que levou o filho ao hospital com gripe no dia 16 de maio. Na unidade de saúde, o menino foi diagnosticado com pneumonia, medicado e voltou para casa para tomar antibióticos.

Cerca de dois dias depois, K piorou, apresentou cansaço e muita sonolência. Elisângela foi para o Pronto-Socorro de Rio Branco e o filho ficou internado.

“Me falaram que estava com uma infecção generalizada, um dos rins não estava funcionando e que poderia ser uma síndrome sistêmica pós-Covid. Piorou de sábado 18 para domingo 19. Foi intubado na terça 21 e levado para a UTI do Hospital da Criança”, relembrou.

Durante a internação, Elisângela conta que a saúde de K piorou e ele teve duas paradas cardíacas na madrugada desta sexta. “Além de tudo, tinha miocardite no coração, que provavelmente pode ter sido da Covid”, lamentou.

A família de K chegou a divulgar um pedido de ajuda financeira para arcar com alguns exames da criança. A esperança era de que o menino melhorasse e pudesse fazer novos procedimentos.

Outras mortes

Duas crianças, uma de 2 anos e 10 meses e outra de 9 anos, morreram com pneumonia em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, em menos de dois dias. A Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) disse que as duas crianças deram entrada no pronto socorro da cidade com quadro de pneumonia aguda. Contudo, o laudo que vai confirmar o que provocou a doença ainda não foi concluído.

Na sexta (17), a menina acordou com febre e muito ruim. A família, então, a levou para o hospital, onde foi diagnosticada com pneumonia e encaminhada para Cruzeiro do Sul. O quadro da menina foi piorando, o médico tentou transferi-la para Rio Branco, contudo, ela morreu antes que fosse possível.

Notícias relacionadas :

spot_img

NÃO DEIXE DE LER