sexta-feira, 1 março 2024 - 19:06
spot_img

Morre o Dr Guilherme, o “médico da hanseniase” que atuou por décadas no Acre

O Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed) anunciou nesta segunda-feira, 6, a morte do médico William John Woods.

O médico tinha 86 anos, nascido em Belfast, na Irlanda do Norte, viveu  no Acre desde  a década de 60 e chegou ao estado como missionário da Igreja Batista. Vendo o sofrimento de seringueiros nas matas acreanas  devido à hanseníase, ele foi estudar medicina na Universidade Federal do Amazonas, onde se formou em 1974. Voltou para o Acre e passou a ser o “médico da hanseníase”.

Entre as décadas de 1970 a 1980, percorreu o estado, desde as cidades, até colônias e seringais, levando medicamentos que tratavam a hanseníase, para moradores de seringais, aldeias indígenas, localidades ribeirinhas e locais de difícil acesso no Acre.

Willians John Woods também era reconhecido por ter descoberto cura para a doença tropical de Jorge Lobo, que é rara e só tem incidência na Amazônia.

Entre as condecorações recebidas, Dr. William foi agraciado com o título de Cavaleiro da Ordem do Império Britânico e com o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Acre.

Em uma nota de falecimento, o Sidmed lembrou a incansável luta de “Dr. Guilherme”, como o médico ficou conhecido no Acre.

Não foram divulgadas informações sobre as causas e o local da morte do médico. Mais informações em instantes.

Ac24Horas

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO