sexta-feira, 23 fevereiro 2024 - 14:56
spot_img

MPAC cobra de órgãos públicos soluções para mendicância infantil em Rio Branco

 

Na última sexta-feira, 04, o Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por meio das 1ª e 3ª Promotorias Especializadas de Defesa da Criança e do Adolescente de Rio Branco, realizou uma reunião com os conselheiros tutelares de Rio Branco e representantes da Secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos do Estado e do Município, com objetivo de buscar soluções para a situação de crianças e adolescentes em situação de mendicância nas ruas da cidade.

O promotor de Justiça Iverson Bueno, titular da 3ª Promotoria Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente, falou sobre os desafios que envolvem o tema. “O objetivo desta reunião é tratar da situação de crianças e adolescentes que permanecem nas ruas, muitas vezes acompanhadas pelos pais. A intenção é cobrar e fiscalizar os órgãos de controle e ao mesmo tempo construir um plano de ação conjunto que estabeleça uma política de proteção eficaz”, afirmou.

Durante o encontro, foram discutidos os desafios que dificultam a atuação das equipes de abordagem social, além das falhas no fluxo de atuação.

O promotor de Justiça Abelardo Townes, titular da 1ª Promotoria Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente, destacou que apesar de existir um fluxo definido, houve aumento de crianças nas ruas.

“Já temos um fluxo bem delineado para enfrentar essa questão, mas o problema só aumentou, e isso reflete no desafio enfrentado por todas as instituições presentes. Por isso, queremos ouvi-los para encontrarmos uma solução”, enfatizou.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO