sábado, 13 julho 2024

Parceria entre Iapen e Instituto de Identificação possibilita emissão de documento para detentos

O Instituto de Administração Penitenciária do Estado do Acre (Iapen), em parceria com a Polícia Civil, por meio do Instituto de Identificação Raimundo Hermínio de Melo, realiza uma ação de emissão de Carteira de Identidade Nacional (CNI) às pessoas em situação de prisão no Complexo de Rio Branco. Realizada nesta segunda e terça-feira, 18 e 19, a iniciativa visa beneficiar 41 detentos.

Detento é atendido durante ação de emissão de registro de identidade no Complexo de Rio Branco. Foto: Lucas Manoel/Iapen

O detento A.R.S. é um dos beneficiados com a ação. Com  previsão de saída do complexo em seis meses, ele diz que poder voltar para o convívio em sociedade com todos os documentos necessários é muito importante: “É que serve muito, né? Pra gente sair daqui uma pessoa ressocializada”.

Detento é atendido por equipe do Instituto de Identificação. Foto: Lucas Manoel/Iapen

A chefe da Divisão de Assistência Social e Atenção à Família do Iapen, Cláudia Costa, diz que o exercício da cidadania, por meio da emissão dos documentos civis desse público mais vulnerável viabiliza que o custodiado acesse outras políticas públicas dentro e fora do sistema prisional. “Você ter direito a uma identificação civil faz parte da vida de todo e qualquer cidadão, independente de qualquer circunstância”, afirma.

Chefe da Divisão de Assistência Social e Atenção à Família do Iapen, Cláudia Costa, acompanha ação em Complexo Penitenciário. Foto Lucas Manoel/Iapen

Elen de Melo, coordenadora técnica do complexo, lembra que o documento “possibilita a a reinserção do egresso no mercado de trabalho, por exemplo”.

Já o coordenador de Polícia do Instituto de Identificação, Walter Cley Carneiro Amaral, diz que a ação, “além de alimentar o banco de dados, ajuda aqueles que no meio da transição prisional perderam seu documento”.

Equipe multiprofissional reunida durante ação no Complexo de Rio Branco. Foto Lucas Manoel/Iapen

Esta já é a segunda ação realizada dentro do Complexo de Rio Branco. Uma equipe multiprofissional tem trabalhado para o alcance de bons resultados e o objetivo é que outras iniciativas semelhantes sejam realizadas nos demais presídios do estado.

Agência de Notícias do Acre

spot_img

Notícias relacionadas :

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO