terça-feira, 27 fevereiro 2024 - 19:40
spot_img

Prefeitura de Rio Branco lança editais do Fundo Municipal de Cultura que somam R$ 3,5 milhões

Evento contou com presenças de artistas, desportistas, fazedores de cultura, vereadores e secretários municipais (Foto: Renilson Rodrigues/Assecom)

A Prefeitura de Rio Branco lançou, na noite dessa terça-feira (4), os editais do Fundo Municipal de Cultura Esporte e Lazer. O evento ocorreu na Praça da Revolução, centro da cidade, e contou com as presenças de artistas, desportistas, fazedores de cultura, vereadores e secretários municipais. O prefeito Tião Bocalom recebeu abraços calorosos e fez registro fotográfico com grupo dos povos originários. O gestor foi muito aplaudido pelos presentes.

O Fundo Municipal de Cultura Esporte e Lazer, que no ano passado foi de R$ 1,5 milhão, passou para R$ 3,5 milhões em 2023, o que deixou os envolvidos muito satisfeitos. Segundo eles, a cultura, o esporte e o lazer ganharam destaque nesta gestão.

O gestor foi muito aplaudido pelos presentes  (Foto: Renilson Rodrigues/Assecom)

“Há muito tempo que essa lei tinha se acabado e era um sonho da gente. O prefeito Tião Bocalom, ainda em campanha, prometeu que essa lei ia voltar, era um sonho de todos os fazedores de cultura e esporte. Em Rio Branco o esporte está sendo valorizado, através do nosso prefeito Tião Bocalom”, elogiou o deportista Josemir Calixto.

“É um investimento necessário, pois ajuda a tirar os povos indígenas da criminalidade, além de fortalecer a identidade cultural deles. A gente necessita reconhecer a presença indígena dentro da cidade, através de políticas afirmativas como estas”, ressaltou a produtora cultural Mirna Rosário.

A divisão dos recursos será da seguinte forma:

  • Esporte e lazer: R$ 1,5 milhão (um milhão e quinhentos mil reais)
  • Artes: R$ 850 mil (oitocentos e cinquenta mil reais)
  • Patrimônio cultural: R$ 850 mil (oitocentos e cinquenta mil reais)
  • Prêmios indígenas: R$ 200 mil (duzentos mil reais)
  • Prêmio mestre Aldenor: R$ 100 mil (cem mil reais)

O diretor-presidente da FGB, Anderson Nascimento, falou da importância desse investimento. Segundo ele, quando o gestor trata a administração com carinho os recursos aparecem.

“Isso é valorização, é cuidado, isso é interesse em fazer realmente com que a cultura e o esporte possam ser valorizados cada vez mais no nosso município “, afirmou.

As falas foram unânimes em elogios à gestão. O Vereador Raimundo Castro, presidente da Comissão de Cultura da Câmara Municipal, em seu discurso disse que o que está acontecendo é respeito, que contra resultados não há argumentos. Segundo ele, o último investimento, antes dessa gestão, foi em 2014. O prefeito Tião Bocalom ficou surpreso com essa informação.

“Mantiveram 300 mil reais da cultura e tiraram o dinheiro do esporte, alegando, àquela época, a alagação de 2015 e outras coisas… diziam que a prefeitura não tinha dinheiro. Graças a Deus, a nossa equipe trabalhou de forma honesta, séria e transparente, e agora estamos cumprindo R$ 2 milhões para a cultura e R$ 1,5 milhão para o esporte, mesmo enfrentando a maior enchente que Rio Branco já teve. Ao invés de diminuir, aumentamos. É o trabalho sendo reconhecido e eu fico feliz com isso.”

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO