domingo, 14 abril 2024 - 7:08
spot_img

QUEM DE NÓS DOIS…

O JOGO DO PODER –

Por Marcus Bastos
@marcusbastos_ac

 

CLIMA POLÍTICO

O frio chegou, mas a temperatura na política do Acre está pegando fogo. As movimentações para as eleições municipais e o vazamento de informações sobre a “Operação Ptolomeu” temperam o atual momento da política acreana.

 

NA MÍDIA

No último final de semana, mais uma vez o Acre foi destaque na capa dos principais noticiários nacionais. O principal motivo, a “Operação Ptolomeu”, colocando o governador Gladson Cameli no olho do furacão.

 

MINÚCIAS

O Estadão, o Portal Terra e o UOL destacaram detalhes de fatos contidos nos relatórios da Polícia Federal, onde de forma minuciosa contam o passo a passo de como ocorreram fatos relacionados aos supostos desvios, depósitos, e o nome dos envolvidos.

 

NOVO CAPÍTULO

Os noticiários destacaram ainda a solicitação da PF e do MPF junto ao STJ para mais um prazo de 180 dias para prosseguimento das investigações da “Operação Ptolomeu”. A repercussão dessas notícias incentivaram as movimentações políticas locais.

 

NOVO CAPÍTULO II

Definição de grupos políticos, antecipação de candidaturas às eleições municipais, assessoria da vice governadora Mailza Assis em constantes agendas com deputados, pastores orando fervorosamente para que Mailza assuma o governo, a PF “na cola”, e o sumiço de Gladson em agendas importantes, levam a crer que sobre esse assunto existem muitas coisas que podem estar por ocorrer.

 

NOVO CAPÍTULO III

Comenta-se que à qualquer momento poderá haver a deflagração de mais uma fase da  operação da PF cumprindo mandados e “fazendo o que tiver que fazer”. Mas o que mais se teme por parte dos aliados de Gladson é o afastamento deste por determinação da ministra Nancy Andrighi do STJ.

 

SAINDO NA FRENTE

Pelo lado do PSD o senador Petecão se apressou em antecipar e dar publicidade ao convite feito ao ex-prefeito Marcus Alexandre para que se filie ao seu partido para disputar as eleições municipais.

 

CONVITE FORMAL

Petecão envolveu Kassab, presidente nacional da sigla PSD, formalizando o convite à Marcus Alexandre. Quem não gostou muito foi o MDB, que espalha aos quatro cantos da cidade como certa a filiação de Marcus Alexandre ao azulão.

 

COMENDO PELA BEIRADA

O Marcus Alexandre têm dito que somente se definirá onde se filiar no findar do prazo para filiações, em março de 2024. Enquanto isso, vai tomando cafezinhos, reunindo-se com a população, e recebendo cada vez mais aderências de apoio ao seu nome rumo à Prefeitura de Rio Branco.

 

QUANTO MAIS CABRA…

Pelo União Brasil, eis que surge o deputado federal cel. Ulisses como pré-candidato à prefeito de Rio Branco lançado pelo presidente do UB, senador Alan Rick. Foi o que noticiou a coluna do Evandro Cordeiro no Acrenews.

 

MAIS CABRITO…

A votação de Ulisses na última eleição o credencia para a disputa. Já foi candidato à governador em 2018, e em 2022 foi bem votado para a Câmara Federal. Além de oficial da reserva da Polícia Militar do Estado do Acre, tem um vasto currículo na área de Segurança Pública.

 

CURRAL ELEITORAL

A nomeação do pastor Alex da Igreja Batista do Bosque para a Assistência Social do governo tendo como madrinha a vice governadora Mailza Assis, tem como foco entrar na seara política do senador Alan Rick. Quem tem bola de cristal vai perceber que de uma forma ou de outra Mailza assumirá o governo do estado. Seja pelo eventual afastamento de Gladson pelo STJ, ou seja pelo afastamento dele nos últimos nove meses para concorrer ao Senado. Com isso, é natural que sendo a titular do cargo, Mailza seja candidata ao governo concorrendo com Alan Rick.

 

CURRAL ELEITORAL II

A igreja Batista do Bosque e o meio evangélico são uma das principais bases políticas do senador Alan Rick. Mailza, que também é evangélica, transita tranquilamente nesse meio, mas que só cabe um. A Coluna identifica aqui um possível futuro campo de batalha para 2026.

 

IDAS…

A Coluna teve acesso à informações que davam como certas o fato de que o senador Petecão e o seu partido PSD receberiam do governador Gladson Cameli, a Secretaria da Mulher e a Funtac, como presente para o realinhamento deste com o governo. Mas as circunstâncias podem ter mudado, e o acordo frustrado, pois na semana passada Petecão sinalizou um afastamento de Gladson Cameli novamente.

 

E VINDAS…

Esse afastamento poderia ser em virtude de informações privilegiadas que o senador Petecão teria à respeito da “Operação Ptolomeu”, ou até mesmo porque para fazer parte do governo poderia ter sido enquadrado para declarar apoio à candidatura de Alysson Bestene, e teria que desfazer-se de Marcus Alexandre.

 

REVIRAVOLTA

Sendo uma coisa ou outra, ou nenhuma das duas, o fato é que uma dessas pastas do governo, a Funtac, é atualmente ocupada por uma indicação do senador Alan Rick. E segundo fontes palacianas, o governo estaria disposto a entregá-la ao grupo do senador Petecão. O que demonstra que há uma articulação no governo para diminuir o espaço ocupado pelo Senador Alan Rick.

 

REVIRAVOTA II

Ou seja, se o leitor ainda não percebeu, o senador Alan Rick está respondendo à altura quando revelou a um site local que o União Brasil terá candidatura própria à Prefeitura de Rio Branco. O que significa que não apoiará a eventual candidatura de Alysson Bestene.

 

SECOM

Governador, não se esqueça dos servidores da SECOM. Os mesmos estão aguardando o cumprimento do combinado pela implantação do PCCR. Servidores alegam que os salários estão bastante defasados e que o senhor se comprometeu pessoalmente de resolver essa situação e até agora nada…

 

REFLEXÃO

Aproveitem para tomar sopas, tacacá e rabadas. Não esqueçam o agasalho, e quem puder doar agasalhos e cobertores à quem precisa que o faça, esse é um momento delicado para muitos moradores da periferia.

 

 

A opinião do colunista não representa a opinião do Acre Jornal

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO