domingo, 14 abril 2024 - 5:37
spot_img

Saneacre vence barreiras da seca histórica e celebra vitórias alcançadas ao longo de 2023

As obras do governo, por meio do Serviço de Água e Esgoto do Estado do Acre (Saneacre), para levar água tratada a toda a população contempla cada um dos 22 municípios, incluindo a capital, em que o sistema de saneamento básico é gerido pela prefeitura, por intermédio do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco (Saerb), mudança que ocorreu em janeiro de 2022.

“A gestão Gladson Cameli não está medindo esforços para caminhar em consonância com a meta de universalização dos serviços de distribuição de água e tratamento de esgoto prevista no Marco Legal do Saneamento. Não existe, neste momento, um único município sem obra executada ou em execução pelo Saneacre”, comenta o presidente da autarquia, José Bestene.

Com a presença da vice-governadora,  Mailza Assis, o presidente do Saneacre, José Bestene, assinou a ordem de serviço para revitalização da ETE Redenção, em Rio Branco. Foto: Aleksandro Soares/Saneacre

Quando faz um balanço das principais ações do Saneacre ao longo de 2023, Bestene logo aponta na direção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Redenção, localizada na parte alta de Rio Branco e que está prestes a ser inaugurada. A revitalização da ETE visa atender 40 mil rio-branquenses. A obra foi lançada em fevereiro.

Logo no início de 2023, o Saneacre teve que se preparar para minimizar os danos causados pelas mudança climáticas previstas para o ano, com a aproximação do El Niño e, ainda, a recente crise hídrica enfrentada pelo município do Bujari no verão de 2022.
“Nossas ações no Bujari ocorreram ainda durante o inverno, em parceria com o Deracre, limpando e ampliando a capacidade de reserva do açude”, lembra Bestene.

Saneacre ampliou a capacidade de reserva do açude que abastece o município de Bujari. Foto: Aleksandro Soares/Saneacre

As ações de contingência do Saneacre permitiram que o Bujari fosse um dos municípios menos agravados pela seca prolongada mais grave da história recente do Acre e da região amazônica, ocorrida neste ano de 2023. “Os mananciais do Saneacre colapsaram em vários municípios. Alguns sofreram racionamento, mas, graças à logística emergencial implementada para abastecimento por meio de caminhões-pipa, superamos a crise”, conta o presidente.

De acordo com Bestene, o governador Gladson Cameli garantiu total apoio para que o Saneacre enfrentasse a escassez. “Podemos dizer que enfrentamos uma verdadeira guerra e vencemos todas as batalhas contra esta estiagem histórica. E por esta experiência, temos o dever de manter o sistema sob controle, preservando e ampliando nossos mananciais para não sermos surpreendidos por outro desastre da natureza”, observou Bestene.

Regularize

Ao mesmo tempo em que executa obras para a ampliação da rede de distribuição e para a infraestrutura de captação e tratamento de água, o Saneacre está investindo na modernização de seu sistema de arrecadação.
Em julho, a autarquia lançou o programa Regularize, visando parcelar as contas vencidas dos consumidores em até 48 vezes. Em seis meses, foram arrecadados R$ 640 mil, numa demonstração de que o consumidor quer regularizar, bastando lhe oferecer uma oportunidade. Com isso, o Saneacre lembra que todo o valor arrecadado em tarifas de água e esgoto retornam como benefícios em saneamento para a população, o que possibilita à autarquia investir mais nessas ações.

Programa Regularize, até 31 de dezembro, oferece vantagens na renegociação de débitos de água junto ao Saneacre. Foto: Aleksandro Soares/Saneacre

Para que todos os usuários sejam atendidos, o Saneacre também adotou a Tarifa Social, que garante descontos para as famílias inscritas no Cadastro Único dos programas sociais do governo federal que, após aprovação do Conselho Superior da Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Acre (Ageac), entrará em vigor a partir de fevereiro de 2024.

“Hoje não temos dúvida de que estamos caminhando a passos largos para colocar o Acre mais à frente na meta de universalização do sistema de água tratada até 2030. Nossa parte está sendo feita, tendo a população como testemunha”, concluiu o presidente.

Nas torneiras

As obras de extensão da rede de água causam um impacto tão grande na vida das pessoas que chega a ser comovente. Lembra-se, então, alguns depoimentos, como o de Andrés Cleumo Souza, presidente da Associação dos Moradores do Bairro São Cristóvão, em Cruzeiro do Sul, onde a autarquia chegou levando água tratada para a população.
“Essa era uma questão antiga na comunidade, mas agora, com a assistência do Saneacre, estamos encontrando uma solução. A comunidade do bairro está profundamente agradecida”, afirmou Andrés.

Água potável significa mais saúde e qualidade de vida para a população. Foto: Aleksandro Soares/Saneacre

Seu vizinho, Hagamede Rocha da Silva, que mora na comunidade há 40 anos, lembrou que passou uma vida inteira carregando latas d’água e agora ela cai de sua torneira. “Não tenho palavras para agradecer ao governador e a toda a equipe do Saneacre”, comentou o morador.

Também em Cruzeiro do Sul, o líder comunitário Lourenço de Jesus destacou a importância dos serviços de ampliação da rede de água para os moradores. “Ficamos muito gratos, pois essa extensão de rede vai garantir água tratada e tirar a gente dos tempos de dificuldade”, disse.

Moradores da zona rural de Xapuri tiveram reações semelhantes com a chegada da água nas torneiras. Raimundo Nonato de Souza é um desses beneficiados. Ele conta sobre a dificuldade que tinha para o acesso à água potável. “A gente compartilhava uma caixa d’água. Cada um ia lá e pegava cinco, seis baldes. Graças a Deus esse problema vai ser resolvido. Era bem difícil”, relata.

Raimundo Nonato, um dos moradores beneficiados pelo Saneacre diz: “Era muito difícil sem água”. Foto: Aleksandro Soares/Saneacre

No município isolado de Marechal Thaumaturgo o Saneacre também chegou usando estrada, rio e avião para levar mão de obra e equipamentos para executar obras de melhoramento e expansão da rede.
“Melhorou muito. Agora a água vem muito boa e ficou perto. Isso devia ter acontecido há muitos anos, mas agora foi feito e é muito importante para o nosso bairro”, disse Rosenil Matias, morador do Bairro União.

Acesso universal ao saneamento básico é a chave para promover saúde, dignidade e prosperidade em comunidades ao redor do mundo. Foto: Aleksandro Soares/Saneacre

Ao todo, o Saneacre providenciou mais de 10 km de extensão de redes de água nos 21 municípios pelos quais é responsável, atendendo cerca de 740 novas famílias. Com isso, o Serviço de Água e Esgoto do Estado do Acre, contando com apoio integral do governador Gladson Cameli, não apenas avançou significativamente na expansão da infraestrutura de saneamento básico, mas também enfrentou com sucesso desafios como a crise hídrica provocada pelo El Niño. Com obras que impactam positivamente a vida dos cidadãos em diversos municípios, o Saneacre, ao encerrar o ano, reafirma seu compromisso com a meta de universalização do sistema de água tratada até 2030, consolidando-se como um agente transformador na qualidade de vida da população acreana.

Valorização dos servidores

Em 2023, o Saneacre, comprometido com a valorização de seus servidores e aprimoramento dos serviços prestados à população, direcionou significativos investimentos na revitalização das agências municipais. Exemplificando este compromisso, destacam-se as transformações realizadas nas agências de Manoel Urbano, Capixaba e na Estação de Tratamento de Senador Guiomard.

Agências municipais do Saneacre são a referência para os clientes de água e esgoto. Foto: Aleksandro Soares/Saneacre

Essas iniciativas não apenas proporcionaram condições de trabalho mais adequadas para os colaboradores, mas também resultaram em espaços de atendimento ao cliente mais agradáveis e eficientes. Além da infraestrutura física, o Saneacre priorizou o bem-estar dos funcionários, incluindo a construção de espaços de convivência, como copas, nas agências revitalizadas.

Vale ressaltar que tais melhorias são impulsionadas pelo Programa de Estímulo à Construção Civil para Geração de Emprego e Renda no Acre – PEC/GER-AC. Com os olhos no futuro, as metas para 2024 incluem avançar na revitalização das unidades municipais restantes, consolidando o compromisso contínuo com a excelência operacional e o bem-estar dos colaboradores.

Educação Ambiental e Sanitária

O Saneacre tem desempenhado um papel crucial na promoção da educação ambiental e sanitária nas comunidades, reconhecendo a fundamental importância da conscientização da população para a preservação dos recursos naturais. Por meio do setor de Serviço Social, o Saneacre tem implementado ações que visam informar e engajar as comunidades em práticas sustentáveis. Parcerias estratégicas, como a estabelecida este ano com o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), fortalecem esses esforços, proporcionando uma abordagem integrada para a preservação ambiental.

As parcerias estabelecidas e as atividades promovidas pelo Saneacre têm desempenhado um papel fundamental na disseminação de conhecimentos sobre saneamento básico. Foto: Aleksandro Soares/Saneacre
Parcerias estabelecidas e as atividades promovidas pelo Saneacre têm desempenhado um papel fundamental na disseminação de conhecimentos sobre saneamento básico. Foto: Aleksandro Soares/Saneacre

A realização anual da Semana da Água destacou-se como uma iniciativa chave, proporcionando um período concentrado de conscientização e educação, onde a importância do saneamento básico, a economia de água e o correto descarte de resíduos são temas abordados de maneira abrangente, contribuindo assim para o desenvolvimento sustentável das comunidades. Essas iniciativas não apenas disseminam conhecimento, mas também fortalecem os laços entre a população e as práticas ambientais responsáveis.

Saneacre tem como meta em 2024 ampliar parcerias com instituições de conservação e de educação. Foto: Aleksandro Soares/Saneacre

Olhando para o futuro, a meta em 2024 é ampliar essas ações e parcerias, visando envolver ainda mais à população. Além disso, o Saneacre pretende incentivar escolas e outras instituições a explorarem de forma didática as estações de Tratamento de Água, proporcionando uma compreensão mais aprofundada do processo de tratamento. O desenvolvimento de materiais educativos, como revistas e jogos baseados em saneamento, será uma ferramenta adicional para educar e engajar os visitantes.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO