quinta-feira, 13 junho 2024 - 4:41
spot_img

Segurança Pública pacifica sistema prisional mas segurança segue reforçada na capital

A governadora em exercício, Mailza, esteve reunida nesta quinta-feira, 27, em Rio Branco, com os membros do Gabinete de Crise do Sistema Integrado de Segurança Pública instalado para conter a tentativa de fuga no Presídio Antônio Amaro Alves, com o objetivo de agradecer, em nome do governador Gladson Cameli, o trabalho das forças de segurança que atuaram nas negociações para por fim ao motim iniciado na manhã de quarta-feira, 26.

Mailza reafirmou o compromisso do governo com a manutenção da ordem social, tanto para os policiais e demais profissionais que atuam nas forças de segurança, quanto para os detentos que estão sob a custódia do Estado.

Governadora em exercício agradeceu o empenho dos profissionais da Segurança Pública para conter motim no Presídio Antônio Amaro, na capital. Foto: Felipe Freire/Secom

“O governador Gladson Cameli esteve empenhado durante toda a ocorrência, assim como os nossos agentes da Segurança Pública. O governo está atento a todos as situações, e o nosso objetivo é manter a nossa população protegida”, afirmou.

A gestora também agradeceu o empenho do Ministério Público do Acre (MP/AC), Tribunal de Justiça do Acre (TJ/AC), Assembleia Legislativa, Defensoria Pública, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e demais profissionais da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

Ainda em nome do governador Gladson Cameli, Mailza destacou a gratidão do governo do Estado pela prontidão do governo federal em enviar reforços para conter a rebelião no Acre.

“O governo federal, por meio do Ministério da Justiça e Segurança Pública, prontamente atendeu o pedido feito pelo nosso governador e queremos agradecer de pronto pela ajuda que nos foi disponibilizada”, pontuou.

Todo o aparato de segurança do Estado e instituições parceiras participaram da pacificação da unidade prisional. Foto: Felipe Freire/Secom

Durante a reunião, a governadora em exercício disse que o governo tem acompanhado e controlado a situação dentro do presídio desde o início da rebelião e que a segurança da sociedade acreana está sendo garantida, inclusive por meio de policiamento ostensivo nas ruas de Rio Branco e municípios do interior.

“O policiamento foi aumentado para garantir a ordem e a paz. Vamos continuar agindo firme e punir com o rigor da lei os envolvidos nesta situação”, declarou.

O procurador-geral de Justiça do MPAC, Danilo Lovisaro, destacou a união entre as instituições para conter o tumulto. “As estratégias adotadas de maneira conjunta foram fundamentais para conter a situação”, disse.

Presidente do Tribunal de Justiça do Acre destacou a união entre as instituições no atendimento à ocorrência. Foto: Felipe Freire/Secom

A presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Regina Ferrari, também reforçou a disposição do Poder Judiciário para os desdobramentos do caso. “Todos nós estamos de prontidão para atuar em conformidade com a lei após o registro deste lamentável episódio”, enfatizou.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Luiz Gonzaga, falou da rápida ação do Estado após o incidente’ “O trabalho feito foi muito eficiente e evitou o agravamento do caso”, argumentou.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO