sábado, 20 julho 2024

Semulher realiza aula de encerramento do curso livre de corte e costura e celebra profissionalização de mulheres da comunidade

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado da Mulher (Semulher), finalizou nesta segunda-feira, 17, o curso livre de corte e costura na escola Glória Perez. A oportunidade de profissionalização foi ofertada para mulheres em situação de violência ou vulnerabilidade social, buscando desenvolver suas habilidades para a autonomia financeira.

Por meio de cursos especializados ofertados pela equipe multidisciplinar, a Semulher tem alcançado muitas mulheres em todo o Acre. Nesta ocasião, com muito empenho, as alunas aprenderam a arte de transformar tecidos em peças de vestuário, acessórios e itens decorativos. Esse conhecimento não apenas as profissionaliza, mas também lhes proporciona uma fonte de renda e um caminho para a independência.

Mulheres recebendo certificado da conclusão do curso livre de corte e costura. Foto: Rebeca Martins/Semulher

“Nossa intenção é colocar essas mulheres no controle das suas próprias finanças e viabilizar uma fonte de renda. Viemos para a comunidade, para perto delas. Queremos acompanhar suas jornadas e, enfim, conseguir quebrar o ciclo da violência por falta de oportunidades”, ressaltou a representante do Departamento de Autonomia Econômica e Política de Cuidados, Paloma Sales.

“Com esse curso eu consegui aprender muita coisa. Vou fazer meus guardanapos, minhas camisas e vou vender pra eu conseguir arrumar um dinheirinho e ajudar na renda de casa. Agradeço muito a professora, ao nosso governador e a secretária da Mulher. Foi tudo muito bom”, relatou uma das alunas, a aposentada Maria das Graças Gonçalves.

Aluna do curso, Maria das Graças Gonçalves, na entrega do certificado de conclusão. Foto: Rebeca Martins/Semulher

Para além dos aspectos econômicos, os cursos de costura proporcionaram um ambiente de aprendizado inspirador. Já no encerramento, o Departamento de Enfrentamento à  Violência contra a Mulher ofertou palestra sobre saúde mental e amor próprio, e distribuiu brindes ressaltando a mensagem “Você não está sozinha!”.  As participantes trocaram experiências e puderam criar boas perspectivas para o futuro delas e de suas famílias. “É muito bonito ver essas mulheres estudando, transformando sua realidade e também cultivando independência, amizades, confiança e autoestima”, ressaltou a secretária de Estado da Mulher, Márdhia El-Shawwa.

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO