domingo, 14 abril 2024 - 6:05
spot_img

Sindicato da Construção Civil emite nota sobre decisão do STJ que paralisa empresas

NOTA PÚBLICA

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil e Eletricitários no Estado do Acre, CNPJ: 00.342.957/0001-16/ Código Sindical:913.561.505.0101%2, vem a público manifestar seu profundo pesar e preocupação com as consequências da decisâo adotada pela Ministra Nanci Andrighí, do Superior Tribunal de Justiça, que determinou a paralização das atividades de diversas empesas e com isso está inviabilizando milhares  de    empregos          da       construção      civil        do       Acre.

Hoje muitos pais e màes de família receberam aviso prévio ou foram despedidos por conta desta decisão, pois as empresas estão impedidas de funcionar, não têm como manter os empregos que geram em nosso Estado e sendo obrigadas a demitir os profissionais             da   categoria  ao   qual            nós          do    sindicato defendemos.

Haja visto que toda e quaiquer investigação  deve ser feita com isenção e profundidade, mas nâo há como se conceber que milhares de pais e mães de família fiquem desempregados, desamparados, sem ter como produzir e receber os seus salários, sem ter como garantir o sustento dos seus filhos, por conta de uma decisão tomada sem que sequer exista uma ação penal, uma denúncia já fomalizada.

Nunca se viu um ato tão drástico e violento na construção civil do Acre. Em nenhuma outra Operação nós trabalhadores tivemos que pagar o preço das investigações sem o       nosso     sustento    e     com     o     sustento     dos     nossos           familiares. O Brasil testemunhou grandes investigações nos últimos anos e em nenhuma dessas, apesar das grandes repercussões na mídia nacional e das bilionárias cifras anunciadas, nunca se viu a ordem para paralisar as grandes empreiteiras de nosso país.

Nada justifica que nós, trabalhadores e trabalhadoras do Acre, sejamos penalizados       com     esse   tratamento       absolutamente     atípico  e extremo. Todos nós, como cidadãos, desejamos ver os fatos esclarecidos. Entretanto, mais que isso, desejamos continuar trabalhando e produzindo para o bem do Estado e para      garantir      o     sustento      de      nossas      famílias.

 

Rio Branco, Acre, 13 de março de 2023.

José Adelmar M. de Assis

Presidente

 

 

 

 

 

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO