sábado, 20 julho 2024

“Traição política” de Bittar tira dele o comando do UB no Acre. Fábio Rueda assume a sigla.

Primeiro suplente de deputado federal, o médico-cirurgião cardiovascular Fábio Rueda deverá assumir em breve o controle do União Brasil no Acre. O partido atualmente está sob o comando do Senador Márcio Bittar, que obteve o controle da legenda através de Antônio Rueda, dirigente nacional e irmão de Fábio.

Segundo informações de bastidores à época em que adquiriu o controle da sigla no Acre, Bittar teria se comprometido em garantir apoio à eleição de Fábio para deputado federal em 2022, em troca do comando da sigla. Fábio Rueda não foi eleito.

O Acre Jornal apurou que a derrota de Fabio Rueda deixou marcas profundas na relação da família Rueda com o senador Márcio Bittar. O senador do Acre teria priorizado a campanha de seu suplente no Senado, o também médico Eduardo Veloso, para a Câmara Federal, tendo abandonado Fábio Rueda.

Fábio acabou perdendo a vaga de deputado federal justamente para Eduardo Veloso, o candidato de Bittar, tendo ficado na primeira suplência. A família Rueda não teria conseguido esconder o ressentimento pela “traição” de Bittar e já teria informado ao mesmo para procurar outra sigla.

No Acre, o União Brasil elegeu três deputados federais, três deputados estaduais e o senador Alan Rick, que também não tem boa relação com Bittar. Apartir de 01 de janeiro o União Brasil deverá integrar a base de apoio do Presidente Lula. Bolsonarista ferrenho, não há clima para Bittar continuar no partido, seja pela “traição” ou por ser de extrema direita.

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO