quarta-feira, 17 julho 2024

Acre participa do Pavilhão Brasil, maior feira de alimentos da América Latina

Estande com produtos acreanos foi um dos mais visitados durante os três dias de Expoalimentaria. Foto: Estalin Coquin/Federacre

O pavilhão Brasil, que teve participação de empresários e representantes do governo do Acre, foi premiado como melhor espaço internacional na maior feira de alimentos e bebidas da América Latina, a Expoalimentaria, que se encerrou neste final de semana, em Lima, no Peru.

A Embaixada do Brasil ofereceu o prêmio aos empresários brasileiros presentes no evento. A adida agrícola, Ângela Pimenta, fez questão de comemorar a classificação com empreendedores acreanos e rondonienses.

Embaixada do Brasil no Peru dedicou o prêmio aos empresários do Acre e Rondônia presentes na feira. Foto: Jairo Carioca

Além de negociações prospectadas nos três dias de feira, para facilitar o acesso a produtos peruanos, a Embaixada do Brasil organizou visitas de empresários acreanos nas redes de supermercados Wong Cencosud e Plaza Vea. Durante toda a última sexta-feira, 30, os empreendedores conheceram as tradicionais linhas de produtos da indústria, do comércio e dos serviços peruanos.

O empresário Carlos Rocha, proprietário de uma indústria de panificação em Rio Branco, avaliou como positiva as rodadas de negócios com compradores de renome. Um dos produtos típicos do Peru, o alho, vai ser testado na panificação acreana. “Eles produzem o alho de forma pastosa, coisa que não encontramos no Brasil. Um dos carros chefes de nossa panificação é o pão de alho. Vamos testar, se der certo, importaremos esse produto”, garantiu Rocha.

Empresários conheceram produtos peruanos com potencial de importação visando fortalecer rota interoceânica. Foto: Jairo Carioca

Para o vice-presidente do sindicato das indústrias alimentares do estado do Acre, Beto Moreto, o encontro quebrou as barreiras de dificuldades entre os produtores. Além do café, outros alimentos passarão a ser negociados entre empresários do Acre e de várias regiões do Peru. “Superou as nossas expectativas, essa missão vai render excelentes resultados a curto prazo para a economia acreana. A ideia é a de casar ofertas para futuras exportações e importações”, acrescentou Moreto.

O titular da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Seict), Assurbanipal Mesquita, agradeceu em nome do governo do Estado a todos os empresários que participaram da missão empresarial em Lima. Para ele foi dado um passo importante para a economia acreana.

“Quero agradecer de coração, em nome do governo do Estado pela confiança que todos depositaram nesta missão. Parabenizar todas as instituições empresariais que contribuíram, em especial o Fórum de Desenvolvimento, o Sebrae, a Federacre, a Fieac, a Faec e a Fecomércio. Agradecer o presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Luiz Gonzaga e, especialmente, o governador Gladson Cameli que tem dado total apoio nesta pauta de comércio exterior”, acrescentou Mesquita.

A presidente da Agência de Negócios do Acre (Anac), Waleska Bezerra disse que o sucesso da feira é apenas o começo. “Voltamos para casa com a certeza do dever cumprido. Sei que cada um de nós tem consciência de que o sucesso alcançado foi só o começo. Temos muito trabalho a fazer”, avaliou.

Agência de Notícias do Acre

spot_img

Notícias relacionadas :

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO