segunda-feira, 15 abril 2024 - 13:54
spot_img

Alunos de Cruzeiro do Sul são medalhistas na fase final da Olimpíada Brasileira de Geografia

Nesta sexta-feira (01), uma equipe de alunos da escola Instituto Santa Terezinha foram premiados com medalhas na fase final da Olimpíada Brasileira de Geografia, que aconteceu em Campinas, São Paulo. A edição da competição, que começou em agosto, prioriza as discussões sobre as diversas áreas da Geografia, Cartografia e Geotecnologias no contexto do 9º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio.

O professor com os alunos finalistas/Foto: Reprodução

Em conversa para o ContilNet, o professor orientador da equipe, Luan Martins, fala mais sobre o processo de provas da Olimpíada:

“A Olimpíada está na oitava edição. Então, nós nos classificamos na fase estadual para ir para a fase nacional, uma equipe formada por três alunos na fase estadual, mas quando chega na fase Nacional a disputa é individual e três dias de prova. Uma prova dissertativa no primeiro dia e, no segundo, uma prova audiovisual e outra prova objetiva com 40 questões”.

Enquanto fala da importância da conquista dos alunos, o professor Luan deixa claro que tem estados que não conseguiram nenhuma medalha, enquanto a equipe formada por Ana Julie Onofre com medalha de bronze e João Pedro Silva e João Lucas Castro com medalhas de ouro. Eles foram representantes do destaque que o Acre e o Amazonas tiveram na disputa que contava com questões de nível universitário, segundo o docente.

A OBG (Olimpíada Brasileira de Geografia) tem sido realizada desde 2015 e consta de uma fase nacional, composta de etapas online e presencial e também uma fase internacional, a comissão organizadora é formada por uma equipe de professores de várias instituições de ensino superior brasileiras.

O professor Luan conta do sentimento ao descobrir a vitória de seus alunos:

“O sentimento é de orgulho pela segunda vez. Porque vim com a competição nacional, onde você vê ali pessoas do Brasil inteiro uma disputa com um nível elevadíssimo de conhecimento. Orgulho do nosso estado e da nossa bandeira de quem nós somos. O Acre é capaz de se destacar em competições nacionais e até mesmo internacionais”.

O professor destaca como alguns professores do sudeste se questionavam a respeito do Acre, o que depois do resultado, respondeu seus questionamentos. Como mensagem final, Luan Martins, afirma que, apesar da distância e das dificuldades, quando existe o esforço, a recompensa pode acontecer e vir. Ele deixa claro como os gastos financeiros foram um empecilho forte no processo.

“Acredito que você como aluno pode ir muito longe. Nós nos destacamos entre os 10 melhores estados do Brasil nessa etapa nacional e quando sai o resultado é maravilhoso. Vale a pena todo esforço, vale a pena toda dedicação”.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO