sábado, 2 março 2024 - 2:35
spot_img

Artista acreano concorre ao prêmio Multishow da Música 2023

O sambista está concorrendo com a canção Consciência de Classe. Foto: cedida

Bruno Damasceno é o primeiro acreano a concorrer, na categoria Brasil, na história do prêmio Multishow da Música 2023, que é uma das maiores competições musicais brasileiras, abrangendo vários artistas nacionais com trabalhos consagrados.

O sambista está concorrendo com a canção Consciência de Classe, de sua composição e de Neto Coutinho. Para participar da votação aberta, basta acessar o site do Multishow.

“Estou muito feliz em poder representar o Acre nesse prêmio superimportante para a música brasileira. Eu amo esse samba, Consciência de Classe, ele tem uma mensagem muito forte. Eu tive o privilégio de representar o Acre em 2011, no São Paulo Exposamba, outro concurso nacional, e mais uma vez sou agraciado com essa indicação. Só peço que ajudem a música acreana votando bastante, várias vezes. Tô muito feliz”, enfatiza o cantor.

O músico também foi premiado em outros festivais em sua cidade. Há cinco anos mantém um projeto cultural que se chama Casa de Bamba, realizado uma sexta-feira por mês, com a intenção de apresentar sambas e história de compositores.

Perfil

Brunno Damasceno nasceu em Tarauacá e mora em Rio Branco desde 1993. Começou sua carreira musical ainda menino, cantando em festivais de sua terra natal. Nascido em família de músicos, tanto por parte do pai quanto da mãe, o samba e a música sempre estiveram presentes na vida do artista. Mas foi em 1999, com a criação do Grupo Roda de Samba, de que fez parte até 2005, que entrou de vez no mundo do samba.

Brunno já tocou em quase todas as casas de espetáculo de Rio Branco, inclusive acompanhando e fazendo participações com vários artistas nacionais, como Arlindo Cruz, Alcione, Dudu Nobre, Leci Brandão, Toninho Geraes, Wanderley Monteiro, Arlindinho, Pedro Miranda, Gabriel Cavalcante, João Martins, Moyseis Marques, Nego Alvaro, Délcio Luiz, Grupo Sem Compromisso, Sambô e outros.

Em 2012, ao participar do São Paulo Exposamba, concurso nacional de sambas autorais, realizado pela Globo (site G1), foi premiado em quarto lugar, com o Samba de Break. O festival teve participação de sambistas de renome, como Noca da Portela, Chiquinho Santos, Mário Lago Filho, Maurição e outros.

Premiações e título

  • 4º lugar no São Paulo Exposamba
  • Vencedor do Festival Acreano de Música Popular
  • Vencedor do Festival Sons da Cidade
  • Prêmio de Destaque do Ano, pela colunista social Jocely Abreu
  • Prêmio de Destaque do Samba, pelo Clube do Samba Acre
  • Título de cidadão rio-branquense pelos feitos culturais

Agência de Notícias do Acre

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO