sexta-feira, 19 abril 2024 - 6:57
spot_img

Bolsonarista “roxo”, Alan Rick explica voto contra PEC do rombo: “cheque em branco”

Após ser criticado nas redes sociais, o deputado federal e senador eleito Alan Rick (UB), considerado um bolsonarista “roxo”, publicou uma “carta aos acreanos” explicando os motivos que o levaram a votar contra a “PEC do rombo”, proposta pelo presidente eleito Lula para furar o teto de gastos do Gobverno Federal para o orçamento do próximo ano.

Segundo Alan Rick, aprovar a PEC seria ” dar um cheque em branco para o próximo governo endividar o Brasil!” Abaixo, segue na íntegra a carta publicada pelo deputado.

 

VOTEI NÃO À PEC DO LULA!

A Câmara dos Deputados acabou de votar o 1º turno da PEC da Gastança e meu voto foi NÃO!

Desde sempre apoiei o Auxílio Brasil de R$ 600,00 pois foi uma promessa de campanha do presidente Bolsonaro.

Porém o texto que veio do Senado estabelece um valor muito acima dos R$ 70 bilhões necessários para atender os mais pobres! O texto atual ultrapassa os R$ 145 bilhões. Mais que o dobro!

Eu não seria irresponsável de dar um cheque em branco para o próximo governo endividar o Brasil!

Inclusive o Auxílio Brasil foi retirado do Teto de Gastos, por decisão do STF. Não precisava mais de uma PEC pra votar a matéria.

Mas há outros motivos pra votar contra a PEC da gastança. O texto permite que o Brasil contraía dívida com organismos externos para investir em infraestrutura extrateto, aumentando significativamente a dívida pública do País.

A PEC também pretende abolir as regras atuais de Teto Fiscal, colocando nas mãos do governo do PT o poder de definir novas regras do teto.

O teto fiscal é importante instrumento de controle das contas públicas e foi votado para valer por 20 anos para que o governo brasileiro organizasse os gastos públicos.

Infelizmente perdemos essa votação, mas continuaremos lutando por um Brasil mais justo.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO