sexta-feira, 24 maio 2024 - 17:55
spot_img

Editorial: Prefeito é empregado do povo, não o dono da cidade!

O prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), nesta terça-feira (18), mais um episódio de se lamentar ao interromper, na marra, um protesto de comerciantes.

Não é a primeira vez que cenas dessa natureza envolvem o prefeito da terceira maior cidade do Acre. A bem da verdade, não há nos anais da história da cidade um prefeito com tal comportamento.

Toinha Vieira, Nilson Areal e Mano Rufino receberam em seus mandatos diversas críticas, protestos, mas nunca partiram pra agressão. Sempre ouviam os reclames e procuravam resolver na diplomacia.

Mazinho Serafim, por sua vez, após ganhar a eleição em seu primeiro mandato já demonstrava comportamento agressivo. Antes de assumir, ele invadiu o Studio da Rádio Dimensão FM para tirar satisfação do então prefeito Mano Rufino e o radialista Sorriso. Depois, envolveu-se em uma confusão com o ex-vereador Josandro Cavalcante, vereador Canário, vereador Jacamin, radialista Edinaldo Gomes e agora com os comerciantes.

Exercendo seu segundo mandato, Mazinho ainda não entendeu que é um mero empregado do povo e não o dono de Sena Madureira.

Grande parte da população acordou e o episódio de hoje demonstra que os senamdureirenses não irão mais aceitar esse tipo de atitude de quem deveria cuidar do povo e não confronta-lo fisicamente.

Com informações: yaconews

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO