sexta-feira, 23 fevereiro 2024 - 14:26
spot_img

Em agenda com órgãos da Segurança Pública, Petecão defende “tratamento diferenciado” para estados da fronteira

O senador Sérgio Peteção (PSD), que na última quinta-feira (08) assumiu a presidência da recém criada Comissão de Segurança Pública do Senado, defende um “tratamento diferenciado” nas políticas de segurança pública do país para aqueles estados que, como o Acre, estão localizados na região de fronteira.

O senador visitou nesta sexta-feira (10) diversos órgãos que compõe o Sistema de Segurança Pública do Acre, se colocando à disposição dos gestores para ampliar o diálogo com o governo federal, no sentido de reforçar as ações de prevenção e combate à violência na região.

No início da manhã o senador esteve reunido com generais do Exército que integram o comando da instituição na região Norte, discutindo novas direstrizes para o enfrentamento aos crimes transfronteiriços e a manutenção da soberania do país.

“Nós somos testemunhas do compromisso que o senador tem com essa região, e para nós é uma grande satisfação poder contar com o apoio dele nessa missão”, declarou o general Poty, um dos presentes ao encontro.

O parlamentar também foi recebido nesta sexta pelo superintendente em exercício da Polícia Federal no Acre, delegado Fredson Vidal, que relatou ao senador a necessidade de novos investimentos na área de infraestrutura e logística da PF no Acre.

“Temos deficiência de pessoal, diminuição de recursos para algumas operações, e precisamos de apoio junto ao governo federal para que possamos estar à altura desse desafio que é atuar na área de fronteira”, explicou o delegado.

Ele fez questão de agradecer ao senador a conquista do adicional de fronteira, concedido a todos os policiais federais que escolhem atuar nessas regiões. “O apoio do senador teve um peso grande para que esse benefício fosse garantido à nossa categoria”, lembrou o delegado.

Ainda durante a agenda com gestores da área nesta sexta, Petecão foi recebido pelo secretário de estado da Segurança Pública do Acre, cel. PM Gaia, que relatou ao senador o andamento das políticas de segurança pública no Acre.

“Nossa política de Segurança Pública tem sido aprimorada de forma constante, mas temos a necessidade de mais investimentos em tecnologia, inteligência, infraestrtutura e pessoal. Esse apoio parlamentar do senador fará toda a diferença. Estamos concretizando o Sistema Único de Segurança Pública do país, no qual vamos nos integrar ainda mais com as ações do governo federal para os estados da fronteira, como é o nosso caso”, relata Gaia.

Nova Missão

O senador agradeceu o encontro com os gestores e destacou a importância da recém criada Comissão de Segurança Pública do Senado, da qual ele é o presdiente, para fazer avançar as pautas relacionadas a essa temática. A comissão tem entre seus membros os senadores Sérgio Moro, Hamilton Mourão, Flávio Bolsonaro, entre outros.

“Daqui pra frente toda a problemática da segurança pública do país será discutida nessa comissão, e eu tenho dito que é mais fácil combater a entrada da droga aqui na fronteira do que nos morros do Rio de Janeiro, por isso o Acre tem um papel estratégico na solução desses problemas”, avalia Petecão.

Sobre a interlocução com o governo federal no sentido de reforçar a política de segurança pública do Acre Petecão ganartiu que está empenhado nessa causa, e como integrante do PSD, um dos partidos da base do presidente Lula no Congresso, fará o que estiver ao seu alcance para ajudar o estado.

“Eu penso que na questão da segurança pública nós temos que olhar para o Acre e para a Amazônia com muita sensibilidade, porque é uma região muito mais vulnerável aos crimes transnacionais, nós fazemos fronteira com os dois maiores produtores de droga do mundo que é a Bolívia e o Peru, e nós temos uma vasta região de florestas e rios onde é muito difícil fazer a vigilância, então de minha parte eu estou comprometido em defemder o meu estado”, garante o parlamentar.

 

 

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO