terça-feira, 23 julho 2024

Esposa é presa acusada de participação na morte do marido em Xapuri

 

Na manhã desta quinta-feira 1º de dezembro de 2022, a Polícia Civil em Xapuri prendeu R.B.M., de 52 anos, ex-companheira de F.C.B, de 57 anos de idade, agricultor encontrado morto na zona rural de Xapuri com um tiro nas costas e marcas de espancamento e esganadura.

R.B.M. é acusada de ter tramado a morte do ex-companheiro em conluio com B.Q.S., de 36 anos que trabalhava como diarista para a vítima. As prisões foram solicitadas pelo Delegado de Xapuri no Inquérito que investiga a prática do crime de homicídio qualificado mediante pagamento ou promessa de recompensa.

O crime ocorreu no dia 25 de novembro de 2022, mas o corpo só foi encontrado no dia 27 de novembro. Segundo as investigações, R.B.M. planejou a morte e mandou B.Q.S. matar a vítima F.C.B, que teria vultuosa quantidade de dinheiro em casa e após sua morte o valor seria dividido igualmente entre a mandante e o executor.

No dia 28, segunda-feira, B.Q.S. foi preso por uma guarnição da Polícia Militar em Epitaciolândia quando chegava do local onde cometeu o crime. O suspeito foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil daquele município e em seguida conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Xapuri, Unidade Policial que responsável pela investigação do caso, onde foi ouvido. Após a prisão, a dupla foi transferida para o Complexo Penitenciário Francisco Oliveira em Rio Branco.

Assessoria de Comunicação

Notícias relacionadas :

spot_img

NÃO DEIXE DE LER