terça-feira, 27 fevereiro 2024 - 17:23
spot_img

Fundhacre realiza primeiro transplante de fígado do ano pelo SUS no estado

O governo do Acre vem se empenhando para que a população seja assistida cada vez mais por meio da saúde pública Estado. Assim, a Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre) realizou mais um transplante de fígado no centro cirúrgico do hospital.

Fundhacre realiza primeiro transplante de fígado do ano. Foto: Gleison Luz

“Já recebemos o ano de 2023 com muita felicidade, com a chegada do primeiro transplante do ano. Lembrando que é todo um esforço para que ocorra esse momento. Aproveito e reforço a população a importância da doação de órgãos para realização de mais transplantes”, destaca o gestor João Paulo Silva.

Desde o início do programa, em 2016, já foram realizados 62 transplantes, sendo este o primeiro do ano de 2023, totalizando 63 procedimentos.

A receptora Francisca das Chagas Gomes, de 66 anos, de Rio Branco, tem cirrose por vírus da hepatite C que evoluiu com hepatocarcinoma em 2014 e foi submetida a hepatectomia segmentar. Ela apresentou recidiva do câncer em 2022 e foi listada para transplante de fígado. O órgão é proveniente de Rondônia, de um doador de 38 anos.

Receptora Francisca das Chagas Gomes, de 66 anos, acompanhada da Família. Foto: Cedida

“Estou muito nervosa, porém feliz em fazer o meu transplante e ter uma vida mais saudável, esse período do pré-ambulatório, onde aguardei a cirurgia, me trataram muito bem aqui na Fundhacre”, disse a receptora, acompanhada da cunhada Maria Correi e do filho Francisco Rodrigues.

O ambulatório conta com uma equipe multidisciplinar especializada em transplantes, com atendimento de enfermagem, na área de psicologia e apoio administrativo para agendamento de exames. O acesso ao atendimento com esses especialistas ocorre por meio de encaminhamento médico para avaliação de transplante ou cirurgia hepatobiliopancreática.

Para viabilizar o processo de captação do órgão é necessário a integração de uma equipe multidisciplinar, incluindo profissionais da Central Estadual de Transplantes, equipe da Fundhacre, além de um grupo cirúrgico altamente especializado. A organização e logística para execução dos transplantes de fígado é um compromisso e cuidado do governo do Estado, que tem atuado de forma assídua, juntamente com as instituições de saúde e equipe do Transplante Hepático do Acre, coordenada pelo cirurgião Tércio Genzini.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO