sexta-feira, 1 março 2024 - 18:02
spot_img

Gestores do Acre se reúnem com representante da ONU em busca de parceria para o Meio Ambiente

A comitiva de gestores do governo do Estado do Acre esteve reunida nesta terça-feira, 8, com o representante do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), Gabriel Labbate, para buscar uma cooperação internacional e debater temas relacionados ao fortalecimento do Sistema de Incentivo a Serviços Ambientais (Sisa) e oportunidades para financiamento climático.

A reunião, realizada em Belém (Pará), foi organizada pelo Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam) e tratou ainda sobre a contabilidade de carbono e novos projetos de REDD+ no sistema jurisdicional.

Reunião da comitiva acreana com representantes do Pnuma foi organizada por diretores do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam). Foto: cedida

O presidente do Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação de Serviços Ambientais (IMC), Leonardo Carvalho, destacou que o momento foi oportuno para apresentação do Sisa e do Programa Isa Carbono, que assegurou a implementação do primeiro modelo de REDD+ Jurisdicional.

“Apresentamos toda a robustez do Sisa, o qual está alinhado com os padrões internacionais devido a sua integridade jurídica, que é característica da política ambiental do estado. Nosso objetivo é buscar cooperação técnica para que possamos aprimorar e fortalecer o Sisa”, salientou.

Em reunião, gestores acreanos buscam cooperação técnica com Pnuma para o aprimoramento e fortalecimento do Sisa. Foto: cedida

A reunião, mediada pelo diretor de Política Pública e Desenvolvimento Territorial, Eugênio Pantoja, e a diretora-adjunta de Políticas Públicas, Gabriela Savian, ambos do Ipam, contou com a participação de Felipe Guntin, analista técnico de REDD para a América Latina e o Caribe; e Sofia Arocha, coordenadora de Comunicação e Gestão do Conhecimento da equipe de REDD para a América Latina e o Caribe, ambos do Pnuma.

Na oportunidade, gestores abordaram questões relacionadas à contabilidade de carbono e investimentos em novos projetos de REDD+ Jurisdicional. Foto: cedida

Participaram também a secretária extraordinária dos Povos Indígenas, Francisca Arara; o assessor de projetos sustentáveis da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e presidente do Conselho de Administração da Companhia de Desenvolvimento e Serviços Ambientais (CDSA), Ernandes Negreiros; a assessora técnica da presidência do IMC, Rosângela Benjamim; e o chefe de Regulação do IMC, Leonardo Ferreira.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO