sábado, 13 abril 2024 - 6:42
spot_img

Governo impulsiona agricultura familiar com investimentos na avicultura

A agricultura familiar do estado recebeu importante incremento produtivo na manhã desta terça, 12 de dezembro, com a entrega de 3 mil pintos caipiras para 32 produtores da zona rural de Rio Branco. Os investimentos do governo do Acre, por meio da Secretaria de Agricultura (Seagri), para impulsionar a avicultura incluem ainda a reativação da Central de Incubação, localizada no Parque de Exposições em Rio Branco, onde ocorreu a atividade com os produtores.

Com o manejo adequado, possível com o devido acompanhamento técnico, as aves estarão prontas para o abate no período de 70 a 75 dias, atingindo o peso mínimo de 2 quilos exigido pelo mercado. Foto: cedida

Esse projeto de gestão que objetiva impulsionar a avicultura regional se propõe a beneficiar pequenos produtores, retirando-os do mercado clandestino e da relação desfavorável com os atravessadores. Para tanto, a estratégia é proporcionar o devido acompanhamento pelo Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf).

A ação do governo reforça o compromisso de fortalecer a agricultura local, proporcionando suporte aos pequenos produtores. A reativação da Central de Incubação é uma iniciativa determinante para o desenvolvimento sustentável da avicultura regional, contribuindo para a geração de renda e o fortalecimento da economia.

Os 3 mil pintos caipiras entregues aos produtores são destinados à produção de corte, com genética direcionada para abate. As aves provenientes da Globoaves, em Espigão do Oeste/Rondônia, foram disponibilizadas para produtores que agendaram a aquisição de forma prévia, conforme detalhou Regis Prado, chefe da Divisão de Avicultura e responsável pela Central de Incubação.

Secretário de Agricultura explica que a Central de Incubação foi o ponto central dessa iniciativa e a entrega dos pintos é iniciativa significativa para impulsionar a avicultura entre pequenos produtores da zona rural de Rio Branco e municípios vizinhos. Foto: cedida

O secretário de Estado da Agricultura, José Luis Tchê, destacou a importância desse projeto, um programa de 1976, ou seja de quase cinquenta anos, que o governo está retomando.

“O intuito é atender o nosso pequeno produtor, livrando-o do atravessador, da condição desfavorável inerente à atividade clandestina e lhe ofertar toda a legalidade com o acompanhamento do Idaf”, afirmou o secretário, anunciando ainda o projeto de construção de uma nova incubadora, que produzirá 80 mil pintos por mês, beneficiando os produtores em todo o estado.

O avicultor Gleison Lopes, de Senador Guiomard, expressou sua satisfação com a iniciativa do governo. “Sou avicultor aqui do município e estou aqui na Central de Incubação, que há muito tempo estava parada, sem funcionamento, e agora o governo do Estado entrou em contato conosco, incentivando a retomada da avicultura novamente”, afirmou.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO