terça-feira, 27 fevereiro 2024 - 17:54
spot_img

Governo retoma serviço de transplante de córnea na Fundhacre

A córnea tem função protetora, desempenhando um papel fundamental na formação da visão. Transparente, ela funciona como uma lente sobre a íris focando a luz da pupila na direção da retina. E o transplante de córnea é o procedimento cirúrgico de alta complexidade que permite o tratamento de doenças que atingem o órgão e levam à cegueira.

Pensando na importância do serviço de trazer a perspectiva do mundo novamente a quem havia perdido a visão, o governo do Acre retomou na quinta-feira, 26, os procedimentos de transplante de córnea de pacientes que aguardavam na fila de prioridade da Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre).

Governo retoma serviço de transplante de córnea na Fundação Hospitalar. Foto: Gleison Luz/Fundhacre

Os três pacientes L.D.C, 56 anos, natural de Rio Branco, J.C.A, 59, procedente de Tarauacá, e A.J.N.M, 21 anos, de Extrema-RO foram transplantados por priorização, devido perfuração de córnea. Após alta hospitalar, seguem sendo acompanhados pela equipe multidisciplinar de transplantes.

“A fila de espera atual era de 131 pacientes. Agora já começamos a diminuir. Graças a esses três transplantes realizados hoje, essa fila já diminui para 128. Nossa meta é continuar nesse ritmo, para zerarmos a fila no final do primeiro semestre de 2024. Para que isso seja possível, agora só precisamos de doadores de córnea”, comenta a coordenadora de transplantes Valéria Monteiro.

Transplante de córnea foi credenciado na Fundhacre em 2009. Foto: Gleison Luz/Fundhacre

“Estava esperando por esse transplante já faz um tempo. Estou animado e feliz por esse momento, só tenho a agradecer a Deus e a equipe que me acolheu muito bem”, disse o transplantado José Carlos.

O transplante de córnea foi credenciado na Fundhacre em 2009 e já haviam sido realizados 264 procedimentos até o ano de 2022. Desde do início do ano de 2023 a instituição e equipe de transplante se mobilizaram para a renovação da equipe e do estabelecimento junto ao Ministério da Saúde (MS).

“Tivemos a portaria de renovação publicada nesse mês de outubro, que garante a autorização para a realização do procedimento na Fundhacre por mais 4 anos. Além disso, realizamos a compra de novos instrumentais cirúrgicos e de todos os insumos e medicamentos necessários, sendo assim, possível retomarmos a realização dos transplantes de córnea”, encerrou a coordenadora

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO