terça-feira, 23 julho 2024

Justiça mantém prisão de acusado de matar namorada com tiro no olho

Mateus Lima de Sousa, acusado pelo assassinato da adolescente Lauane do Nascimento Melo de 16 anos, teve a prisão preventiva mantida.

A decisão foi do Juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditória Militar Alesson Braz.

A avaliar a medida, o magistrado escreveu que a situação processual do acusado encontra-se em ordem, não havendo no processo, notícia de qualquer fato novo capaz de eliminar, os elementos autorizadores da prisão preventiva.

O titular da 2ª Vara do Tribunal do Júri, disse ainda que a prisão do réu, será reavaliada em 90 dias.

Mateus de Sousa, foi denunciado pelo assassinato da namorada de 16 anos. A adolescente Lauane do Nascimento, foi morta com um tiro no olho.

O crime, aconteceu no dia 21 de julho deste ano, em uma casa, localizada na Estrada do Barro Velho, zona rural da capital.

Depois do crime o acusado fugiu. Mas, três dias depois acompanhado de um advogado, se apresentou na delegacia de Sena Madureira e acabou preso.

Com o fim da investigação, a prisão temporária, foi convertida em preventiva pela Justiça do Acre. Em setembro deste ano, o acusado passou a ser réu no processo.

Notícias relacionadas :

spot_img

NÃO DEIXE DE LER