sexta-feira, 23 fevereiro 2024 - 18:16
spot_img

Lei Fernando Júnior: deputados aprovam lei que proíbe venda e uso de cerol no Acre

Por unanimidade, os deputados estaduais da Assembleia Legislativa aprovaram nesta terça-feira (10), o Projeto de Lei que proíbe a comercialização da linha de cerol, linha chilena e qualquer outro objeto cortante na soltura de pipas e pepetas no Acre.

O projeto foi aprovado por 18 votos e levará o nome do jovem Fernando Júnior, morto ao ser degolado enquanto dirigia uma motocicleta em Rio Branco, na última semana.

O texto é de autoria do deputado Fagner Calegário, do Podemos. O projeto original não tratava exclusivamente sobre o uso de cerol nas linhas de soltura de pipas, mas sim, da regulamentação de um local específico para o ato. O deputado Afonso Fernandes também apresentou um projeto de lei nesta terça-feira, que proibia a comercialização desse material e previa um penalização a quem desobedecesse.

Mais cedo, um grupo de familiares e amigos de Fernando lotaram o hall da Assembleia Legislativa do Acre. O pai da vítima, Fernando Roca, fez um discurso emocionado, pedindo a aprovação da lei. O projeto vai agora à sanção do governador Gladson Cameli.

ContilNet

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO