domingo, 14 abril 2024 - 5:36
spot_img

No Carnaval da Família, Patrulha Maria da Penha orienta sobre importunação sexual

Policiais militares da Patrulha Maria da Penha, da Polícia Militar do Acre (PMAC), estão com o “bloco” na rua, em todas as noites do Carnaval da Família, para conscientizar os foliões sobre o crime de importunação sexual, além de fazer divulgação das ações e principais medidas protetivas de urgência tomadas na defesa de mulheres vítimas de violência doméstica.

A equipe está todas as noites fazendo panfletagem e conversando com os foliões. Foto: cedida

A tenente Priscila Siqueira, coordenadora do programa, avalia que a ação preventiva realizada pela PMAC tem sido fundamental para a ausência, até então, de registros de crimes de assédios e de natureza sexual, durante as festas no Arena da Floresta.

“Nosso principal objetivo é conscientizar as pessoas para tais crimes, muito comuns nas festas de carnaval, nas quais algumas pessoas se excedem e acham que podem tudo. A gente está todas as noites fazendo panfletagem, conversando com as pessoas e explicando que certas atitudes, como roubar beijo sem a permissão do outro, passam o limite da diversão para se tornar crime”, pontuou a oficial.

Atuação reconhecida

Em 2022 o programa ganhou o Selo Nacional De Práticas Inovadoras. Foto: cedida.

Como resultado do trabalho realizado desde 2019, tanto em eventos pontuais como o Carnaval da Família, quanto na rotina de fiscalização de medidas e suporte a mulheres vítimas de violência doméstica, a Patrulha Maria da Penha tem se destacado no cenário nacional e conquistado reconhecimento.

Em 2022, o programa ganhou o Selo Nacional De Práticas Inovadoras, em meio a 58 projetos de entidades de todo o país, que reconhece as boas práticas na gestão pública que possuem potencial de realizar a transformação dos cenários de vulnerabilidade e violência.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO