terça-feira, 27 fevereiro 2024 - 17:41
spot_img

Plano de Contingência do governo prevê ações em todos os municípios do Acre no caso de enchentes

Com o objetivo de garantir a segurança e prestar contas à população, o governador Gladson Cameli assinou na tarde desta quinta-feira, 16, o Plano de Contingência para possíveis enchentes nos próximos meses.

O documento assinado por Cameli foi elaborado pela Secretaria de Segurança Pública, Defesa Civil Estadual e o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre (CBMAC).

O documento prevê ações pontuais do Estado em caso de alagação em algum dos 22 municípios acreanos. Foto: Diego Gurgel/Secom

De acordo com o coordenador estadual de Proteção e Defesa Civil, o coronel Carlos Batista, a expectativa de acordo com a previsão de análises é de que o Rio Acre não passe da cota de transbordamento esse ano.

“A Defesa Civil municipal entra em ação no caso de alguma enchente. O Estado proporciona por meio desse documento as ações que devem ser tomadas em caso de transbordamento. Além disso, nós intermediamos a situação com os municípios, para garantir o máximo de assistência possível em possíveis ocorrências”, disse.

O Estado encontra-se então preparado para executar os primeiros atendimentos se necessário.

“Queremos que os 22 municípios estejam cobertos com a presença do Estado. Nós reestruturamos toda a segurança pública, com novos concursos, reformas nos espaços físicos, nosso estado está cada vez mais pronto para atender e dar uma resposta rápida a desastres naturais”, frisou o governador Gladson Cameli ao assinar o documento.

Diversas secretarias participaram da elaboração do plano para que as ações possam ser coordenadas com celeridade em caso de necessidade. Foto: Diego Gurgel/Secom.

O comandante geral do CBMAC, coronel Charles Santos, explica que grandes volumes de chuva nas cabeceiras do Rio Acre é que podem gerar uma possível enchente.

“Já temos um plano de ação em cada município do Acre, de acordo com a necessidade vamos entrar em ação. Temos unidades de monitoramento e alerta nos rios do estado, em caso de possíveis transbordamentos vamos comunicar as autoridades e agir de acordo com o plano de contingência”, contou.

Participaram da solenidade de assinatura ainda o secretário de Segurança Pública, José Américo Gaia; o secretário de Casa Civil, Jonathan Donadoni; o secretário de Assuntos Governamentais, Alysson Bestene; e a secretária de comunicação, Nayara Lessa.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO