terça-feira, 18 junho 2024 - 7:27
spot_img

Polícia Civil realiza ação itinerante para emissão da Carteira de Identificação Nacional em Acrelândia

A Polícia Civil do Acre (PCAC), por intermédio do Instituto de Identificação, deu início à primeira ação itinerante para a emissão de Carteiras de Identificação Nacional (CIN) no ano de 2024. O evento transcorreu no último fim de semana, beneficiando 150 pessoas em Acrelândia.

Com um custo de R$ 106,80 por cédula, os 150 documentos cadastrados para confecção representam um investimento de R$ 16.020 do Estado. Foto: Ascom/PCAC

A parceria entre a Polícia Civil e a Prefeitura da cidade foi fundamental para o sucesso da ação, que contou com a disponibilização do espaço da Escola Novo Horizonte para a realização dos atendimentos.

Desde o lançamento dos novos modelos de carteiras de identidade (agora CIN), o Acre foi um dos primeiros estados a oferecer o serviço. Somente no ano passado, mais de cem mil cédulas da CIN foram emitidas, consolidando o compromisso da Polícia Civil em atender às demandas da população.

“O esforço conjunto entre as autoridades locais, aliado à participação da comunidade, contribui para fortalecer o compromisso com a cidadania e a identificação segura dos cidadãos acreanos. A expectativa é de que iniciativas como essa continuem a ser desenvolvidas, proporcionando benefícios significativos para a população do estado. Os documentos serão entregues em aproximadamente 45 dias úteis”, declarou o delegado-geral da PCAC, Henrique Maciel.

Parceria envolveu equipes da Prefeitura de Acrelândia e da PCAC. Foto: Ascom/PCAC

Todos os atendimentos foram realizados de forma gratuita. No entanto, é importante ressaltar que a gratuidade é destinada exclusivamente a cidadãos a partir de 16 anos, seja para a obtenção da primeira via ou a solicitação da segunda via do documento.

Além disso, destaca-se que esses 150 documentos cadastrados para confecção representam um investimento significativo. Com um custo de R$ 106,80 por cédula, o montante total atinge a marca de R$ 16.020, evidenciando o comprometimento das autoridades em assegurar a efetivação desse serviço essencial para a comunidade acreana.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO