quinta-feira, 13 junho 2024 - 5:36
spot_img

Prefeito de Rio Branco participa da reunião da Frente Nacional de Prefeitos no DF

Após participar da didacta 2023, maior feira mundial voltada aos setores de negócios, recursos humanos, arte multimídia, esportes e educação, em Stuttgart, na Alemanha, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, participa nestas segunda (13) e terça-feira (14), no DF, da Frente Nacional de Prefeitos (FNP).

A Frente Nacional de Prefeitos é a única entidade municipalista nacional dirigida exclusivamente por prefeitas e prefeitos em exercício dos seus mandatos e tem como foco de atuação os 400 municípios com mais de 80 mil habitantes, o que abrange 100% das capitais, 60% dos habitantes e 75% do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

O prefeito Tião Bocalom participou da mesa que debateu o marco regulatório do transporte coletivo. É urgente uma repactuação federativa em relação ao transporte público em direção a um novo modelo de governança e financiamento, com o objetivo de melhorar a qualidade do serviço prestado aos usuários, a modicidade tarifária ou mesmo a gratuidade. Outro aspecto importante é a continuidade da União para o custeio da gratuidade dos idosos acima de 65 anos de idade, instituída por lei federal, concedido extraordinariamente em 2022.

Em seu momento de fala, Tião Bocalom fez questão de frisar que o transporte coletivo na capital acreana recebe subsídio da gestão de R$ 2 milhões por mês, que desse valor um total de R$ 700 mil corresponde aos alunos da rede estadual de ensino.

“Eu penso que não é somente a participação do Governo Federal, mas que precisamos chamar os governadores para essa discussão, para poder tirar [os custos] de cima dos municípios. Rio Branco gasta R$ 700 mil em subsídios com os alunos do Estado e com os alunos da prefeitura não chega a R$ 50 mil. Precisamos debater logo com os governadores essa parceria, para que eles paguem suas contas e não deixem nas costas dos municípios”, afirmou.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO