segunda-feira, 15 abril 2024 - 15:02
spot_img

Prefeitura de Rio Branco celebra entrada de 2024 com chave de ouro

A comemoração do Réveillon na virada do ano 2023/2024, organizada pela Prefeitura de Rio Branco, em nada deixou a desejar dos grandes centros do país. Antes da meia noite, bandas e cantores locais como Álamo Kário e Edu Safadão, deram o tom animando as mais de 10 mil pessoas presentes no Calçadão da Gameleira, segundo estimativa da Polícia Militar.

Um espetáculo à parte, antes da queima de fogos, foi a interação e harmonia entre as pessoas, que se faziam presentes na orla do Rio Acre. Lanternas dos celulares acessas dos dois lados. Para o diretor-presidente da Fundação Garibaldi Brasil, que organizou a festa Andesson Nascimento, foi um sucesso.

“Festa bonita, muito bem organizada, bem pensada, idealizada pelo nosso prefeito Tião Bocalom, para que a gente realmente pudéssemos receber a população da melhor forma possível, o pai, a mãe, a criança, o avô, a avó, o tio. Uma festa pensada com cada detalhe, cada situaçãozinha para que a gente pudesse realmente fazer um Réveillon bonito e entrar comopé direito em 2024″, pontuou Andesson.

Na contagem regressiva, os segundos finais de 2023 para 2024, muita emoção e aplausos. Foram quase 15 minutos de queima de fogos. Tempo esse de abraços, sorrisos, reflexões e olhares de esperança. Para o prefeito de Rio Branco Tião Bocalom, 2024, representa além de esperança, um ano de muito trabalho a ser conquistado.

“Nós queremos que tenhamos muita paz, saúde, muitos trabalhos, muita prosperidade. Tenho certeza que vai acontecer. 2023 já foi bom, 2004 será ótimo não tenho dúvida nenhuma. A gente vai começar a trabalhar, terá muito emprego, muita renda e vamos deixar a nossa cidade cada dia mais bonita, cada dia mais linda para que a nossa população tenha cada dia mais orgulho de morar. Feliz 2024! Feliz, paz, saúde, prosperidade”, concluiu o prefeito.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO