quinta-feira, 13 junho 2024 - 5:40
spot_img

Prefeitura lança Ramais da Dignidade 2023 e serviços serão iniciados em quatro polos agrícolas

A Prefeitura de Rio Branco lançou na manhã dessa segunda-feira (8) o programa Ramais da Dignidade 2023, que visa mobilizar toda a estrutura do poder público para uma grande ação de recuperação de ramais. Mais de 50 ramais receberão serviços de drenagem, raspagem, piçarramento e construção de pontes. O programa irá recuperar 1.500 quilômetros de trecho e irá beneficiar mais de 4O mil famílias.

O prefeito Tião Bocalom esteve no lançamento e falou sobre os serviços.

“São muitos ramais dentro da cidade, nas divisas com Jarina, Porto Acre, Senador Guiomard, e a gente vai atuar em todos eles se Deus quiser. Veja que a quantidade de máquinas que temos agora é grande e dinheiro a gente tem para comprar combustível e pagar aluguel sem nenhum problema.”

A princípio, os serviços serão executados com recursos próprios na regional conhecida como Cinturão Verde da cidade que contempla quatro polos agrícolas: Geraldo Fleming, Moreno Maia, Belo Jardim I,II, III e Catuaba.

“Essa é a política do prefeito Tião Bocalom: Cuidar de todos, dar dignidade para todos, e a área rural, os ramais são a nossa maior economia, onde há produção”, explicou o secretário municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Seinfra), Cid Ferreira.

A dona Maria Madalena, presidente da Associação dos produtores rurais do ramal da Galileia, disse que “os produtores dependem dos ramais para escoar a produção e aquecer a economia rural e agora as expectativas por causa da intervenção são as melhores.”

Alguns serviços pontuais já vinham sendo feitos como no ramal da Pupunha onde mora o produtor rural, Vanderlei Nunes.

“A dificuldade que tinha foi solucionada que era a ponte, agora é um trabalho de execução de melhoramento do ramal e vai tirar a gente totalmente daquele isolamento que a gente vinha vivendo há tempos atrás.”

As obras serão executadas durante os quatro meses de verão. Duas frentes de trabalho estarão envolvidas nesse processo de recuperação dos ramais.

Para o secretário de Agropecuária do município, Eracides Caetano, com a intervenção, os produtores terão a dignidade de produzir sem o risco de perder a produção por dificuldade em escoar.

“Claro que ramais não é no primeiro ano que você deixa cem por cento, a gente começa um trabalho e isso vai levar uma sequência de três anos pra deixar esses ramais rodando inverno e verão.”

“Vamos fazer algumas pontes também de alvenarias, são poucas mas a gente vai fazer. Enfim, a gente vai, se Deus quiser, dar uma grande resposta pra questão dos ramais”, finalizou o prefeito.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO