sábado, 20 abril 2024 - 17:57
spot_img

Prefeitura promove dignidade e qualidade de vida a idosos da rede de assistência em Rio Branco

Como parte das ações realizadas pela Prefeitura de Rio Branco na promoção da dignidade dos usuários dos serviços de Assistência Social e da Saúde do Município, o Grupo de Idosos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) São Francisco teve uma manhã diferente nesta quarta-feira (13).

No Parque Chico Mendes, a maioria mulheres, pôde sair da rotina diária em um ambiente que muitas ainda nem conheciam.
Com foco na saúde mental, foi realizada roda de conversa além de exercícios físicos e caminhada orientada. Durante a visita ao parque elas puderam experimentar momentos de bem estar que o lazer e a interação com os outros pode proporcionar.

“A gente traz o idoso para dentro de um ambiente desse, para passear, sair de dentro de casa, ter uma atividade física, ter uma movimentação, uma rotina, tirar da depressão, tirar a atividade só do lar, já está aposentado e fica só cuidando dos netos. Agora eles têm atividade dentro da UBS junto com os meninos, juntamente com a Ufac, o Cras faz a parceria da gente fazer um passeio, nos parques, museus e a importância é revitalizar”, defende Alessandra Modesto, coordenadora do Cras São Francisco.

Além da assistência da equipe da Secretária Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), que trabalha no Cras, elas são acompanhadas e motivadas também por uma equipe multiprofissional que atua na Unidade de Saúde Luiz Gonzaga de Lima Carneiro, por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e a Universidade Federal do Acre (Ufac).

Ao todo, são dez residentes do curso de Especialização em Saúde da Família e Comunidade de profissões diferentes desempenhando papel fundamental na assistência aos idosos. São assistentes sociais, enfermeiros, nutricionistas, fonoaudiólogos, fisioterapeuta, psicóloga e profissionais de educação física.

“Nós estamos na residência para promover saúde e trazer diversas ações para a comunidade. A atividade física está inserida dentro do âmbito da Saúde como parte de prevenção e promoção e para elas não é só um trabalho físico, mas um trabalho emocional e social também”, explica Jorginho Peres, residente em Saúde da Família e Comunidade.

Para esse grupo, nada de vida sedentária e muito menos solitária em casa. As atividades evidenciam o comprometimento da gestão municipal em ir além do atendimento básico e estão alinhadas com os princípios do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que enfatizam a importância da participação ativa e da inclusão dos idosos na sociedade, além de lhes garantir direitos a atividades de cultura e lazer.

Ações como essa da Prefeitura de Rio Branco proporcionam melhor qualidade de vida para todas as idades. Conceição de Lima, 73 anos, resume a experiência: “Está ótimo demais. Muito importante essa academia para nós juntamente com o Cras e o pessoal do posto de Saúde.”

Janete Cavalcante, de 64 anos, diz que este é um dia de lazer para elas. “Nós merecemos. Então está tudo maravilhoso aqui. É muito importante. Se eu soubesse tinha começado logo.”

“Eu quero dizer pra vocês que é muito bom essa saúde. Eu estava com meus pés inchados, hoje eu não estou mais é verdade. Quero agradecer muito nosso prefeito e o Cras que está apoiando a gente”, relata outra usuária, Ozélia Geralda, 66 anos.

Já Palmira Araújo, de 73 anos, conta que depois que começou a caminhar e fazer atividades está bem melhor. “Graças a Deus e espero melhorar mais ainda. Era melhor mesmo se fosse todo dia.”

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO