sábado, 25 maio 2024 - 10:14
spot_img

Sistema de aviamento na Amazônia é tema de curso em Rio Branco

Nos dias 22, 24 e 26 de abril, acontecerá, no Teatro de Arena do Sesc, o curso “Avia: o sistema de aviamento e a sociedade do crédito na Amazônia Acreana”, com o financiamento da Prefeitura de Rio Branco, através do Fundo Municipal de Cultura, em parceria com o Sesc.

O curso, que será ministrado pelo professor Marcos Vinícius Neves, historiador especialista em história do Acre, é uma oportunidade para discutir e refletir sobre o tema central, abordando desde o contexto mais amplo da Amazônia até a organização dos seringais acreanos para viabilizar a exportação de produtos da floresta em grande escala, atendendo aos interesses do grande capital internacional.

“O Sistema de Aviamento, como ficou conhecido, era um sistema econômico original, compatível com a realidade de dispersão, isolamento populacional e escassa monetização presentes na região e no período em questão, que garantiu a inserção das populações indígenas e extrativistas numa cadeia de dependência econômica. As especificidades e complexidades desse sistema são muitas, bem como a estrutura dos seringais acreanos – dos pontos de vista econômico, social, cultural e político. Durante o curso teremos, certamente, muitos momentos de debate e de troca de experiências, abrindo possibilidades e horizontes para a compreensão das complexas e diversas histórias do Acre”, comenta Marcos Vinícius.

O público alvo são professores das redes públicas estadual e municipal, das disciplinas de História, Geografia, Artes e Ciências Sociais, bem como fazedores de cultura, especialmente os segmentos ligados ao Patrimônio Cultural, como os integrantes das religiões de matriz africana, indígenas e ayahuasqueiros. A ideia é que os saberes e experiências compartilhados durante o curso se multipliquem, chegando às salas de aula, bem como possibilitando novas reflexões, estudos e trabalhos.

A produção do projeto é da historiadora Flávia Burlamaqui e as inscrições estão disponíveis pelas redes sociais, onde estão os contatos da produção.

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO