sábado, 20 abril 2024 - 20:44
spot_img

Prefeitura de Rio Branco lança Plano de Combate às Queimadas Urbanas 


A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia) lançou, na manhã dessa quarta-feira (31), ao lado de todos os órgãos ligados ao meio ambiente na capital, o Plano de Combate às Queimadas Urbanas 2023 que consiste na prevenção, fiscalização e conscientização ambiental. O secretário da Semeia, Carlos Nasserala, diz que os pontos que precisam de mais vigilância são os terrenos baldios, reservas e parques ambientais.

“Nós estamos alertando os donos dos terrenos baldios para que façam limpeza, cerquem seus terrenos, pois eles serão autuados. Muitas vezes, a atuação não chega de imediato, pode demorar um ano, dois anos. E isso vai para o Ministério Público e a pessoa vai ser chamada para prestar conta com a justiça, com certeza”, salientou.

O secretário lembrou ainda que de janeiro a maio não houve nenhum registro de focos de incêndio na capital. O que pode ser atribuído à situação climática do período, bem como o trabalho de conscientização ambiental realizado no ano passado. Outro destaque foi o controle dos focos de incêndio no aterro de resíduos sólidos na Transacreana que, com a vigilância intensa no local, também não houve nenhum registro.

“Desde a administração do nosso prefeito Tião Bocalom, esse aterro de inertes é muito bem cuidado para que não ocorra nenhum tipo e incêndio lá”, explicou o secretário.

As ações serão integradas com o Corpo de Bombeiros, Imac, Defesa Civil e Ibama. O capitão do Corpo de Bombeiros, Luiz Neto, diz que o plano de contingência integrado no combate ao incêndio na capital já está definido entre educadores ambientais e fiscais de campo, a equipe envolverá pouco mais de cinquenta pessoas.

“Essa ação integrada com todos os demais órgãos envolvidos nos faz trabalhar não só a parte combativa, mas também a parte preventiva, com a formação de brigadas nas comunidades rurais, conscientização da população, apoio aos órgãos fiscalizadores para que a gente possa reprimir as queimadas urbanas”, afirmou.

A prefeita em exercício, Mafisa Galvão, disse que o objetivo maior da gestão é educar, conscientizar a população quanto aos cuidados com o meio ambiente.

“Desde o início da gestão, o prefeito Tião Bocalom reuniu a equipe e disse que a missão na questão do meio ambiente seria educar de uma forma bem didática, ir conversar com o morador, com o produtor, ensinar e dar meios para que eles possam tratar a sua terra, trabalhar e não precisar queimar, a sociedade civil também tem aquele hábito de queimar folha no quintal e isso não é legal, prejudica principalmente as pessoas que moram perto.”

Compartilhe:

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img
spot_img

NÃO DEIXE DE LER

spot_img

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO