sábado, 20 julho 2024

Tribunal de Justiça comemora 60 anos e homenageia chefes de poderes

Com a função de administrar a justiça, e proteger direitos e liberdades individuais o Poder Judiciário do Estado do Acre inicia nesta quarta-feira, 14, no plenário do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) as comemorações alusivas aos 120 anos de Justiça e aos 60 anos da instalação do tribunal no estado.

“A comunidade jurídica e a acreana se juntam para celebrar esse fazer de Justiça do nosso tribunal. A presença dos representantes dos três poderes é importante pois são o tripé do funcionamento do Estado Democrático de Direito”, declarou a presidente do TJAC, desembargadora Regina Ferrari.

A desembargadora Regina Ferrari destacou os avanços jurídicos realizados no Acre desde 1903. Foto: Diego Gurgel/Secom

Em seu discurso, o governador Gladson Cameli relembrou seu compromisso com a manutenção da harmonia entre os três Poderes, e com a democracia.

“É na harmonia entre os Poderes que podemos cultivar a paz e a evolução dos mais elevados valores morais e sociais. Acredito que a Justiça é um direito de todos, sem distinção. Sem ela, viveríamos em um caos social, e em uma desordem”, frisou.

O chefe do Executivo reafirmou também a parceria entre Estado e TJAC. “Quero reafirmar o compromisso do governo em manter e ampliar as parcerias possíveis com o tribunal, e com os demais Poderes e órgãos que auxiliam a Justiça no Estado do Acre. Esse momento deve ser exaltado, parabéns à Justiça Acreana”, observou.

Os membros dos três Poderes estiveram na solenidade, representando a harmonia entre Executivo, Legislativo e Judiciário. Foto: Diego Gurgel/Secom

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), Luiz Gonzaga, também participou da solenidade e ressaltou o importante trabalho desempenhado pelo tribunal em seus 60 anos de história.

“Para a Aleac o serviço prestado pelo TJAC é essencial. A Casa do Povo tem trabalhado incessantemente, pois unidos todos vamos prosperar, a nossa parceria harmônica faz o estado prosperar”, disse.

Na ocasião, membros da sociedade civil sentaram-se junto aos desembargadores na plenária, um acontecimento histórico que aconteceu pela primeira vez. Além disso, foram prestadas diversas homenagens a pessoas que contribuíram com o exercício da Justiça no Estado do Acre.

História

Marcada pelo Tratado de Petrópolis, a criação do Território do Acre, em 1903, marcou a presença da Justiça em solo acreano. Em 1963 o então território vira um Estado da Federação Brasileira, e marca a instalação do Tribunal de Justiça no Acre.

A presença dos três Poderes é essencial para o pacto democrático, e representa a presença do Estado Democrático de Direito no Acre. Por isso a celebração e manutenção do Poder Judiciário é importante para garantir a Lei e a Ordem no estado.

spot_img

Notícias relacionadas :

spot_img

NÃO DEIXE DE LER

VEJA O QUE ACONTECE NO BRASIL E NO MUNDO